A grave colisão envolvendo duas carretas e um caminhão, marcas e modelos não confirmados, foi registrada na tarde deste domingo (19) no quilômetro 722 da rodovia federal, no trecho entre Sorriso e Lucas do Rio Verde. Três pessoas morreram ainda no local. As identidades ainda estão sendo confirmadas. Entre os mortos, dois estavam nas cabines dos veículos de carga e um já fora.

De acordo com a concessionária responsável pela administração da rodovia, equipes de socorro da empresa realizaram atendimento ao condutor do caminhão.

Também segundo nota da concessionária, ambos os veículos ficaram incendiados após a colisão. O Corpo de Bombeiros de Sorriso foi acionado para combater as chamas e se deslocou com caminhão auto bomba-tanque e uma unidade de resgate.

De acordo com o sub-tenente dos bombeiros Moraes, inicialmente as informações apontavam dois mortos, mas havia muitas chamas e não foi possível fazer aproximação num primeiro momento. Foi realizado o controle e aguardada a chegada de uma retroescavadeira para retirar o material incendiado.

“Estava difícil fazer a extinção porque o fogo estava na parte inferior desse material. Ficou uma equipe aguardando esse maquinário e após a chegada foi retirado o material e feito o controle do incêndio. Com isso, extinguiu a parte da cabine e se deparou com mais uma vítima”, disse.

Uma das carretas transportava placas de gesso e a outra estava vazia. Já o caminhão, estava carregado com melancias e a carga ficou espalhada na rodovia, bem como às margens.

A versão apontada inicialmente e, que ainda será investigada, é que a colisão entre as duas carretas foi frontal, e posteriormente o caminhão colidiu. Ainda será investigado se houve envolvimento de outros veículos no acidente.

Uma equipe da Polícia Rodoviária Federal também foi ao local e a rodovia ficou totalmente bloqueada. A Perícia Oficial e Identificação Técnica foi acionada para iniciar as análises das circunstâncias do acidente, bem como a Polícia Civil.

Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal para exames de necropsia e reconhecimento oficial.

Autor: Só Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here