A Agência Nacional de Mineração (ANM) informou nesta segunda-feira (1º) ter interditado 56 de barragens por problemas de estabilidade.

Inicialmente, a agência havia informado que 67 barragens haviam sido interditadas. Depois, o órgão informou que revisaria o número.

De acordo com a ANM, as barragens foram interditadas por falta de documentação (39) ou porque as informações enviadas pelas empresas apontaram falta de estabilidade nos empreendimentos (17).

Barragens interditadas por falta de documentação:

Minas Gerais: 23

São Paulo: 6

Mato Grosso: 4

Rio Grande do Sul: 2

Goiás: 2

Pará: 1

Amapá: 1

Barragens interditadas porque as informações apontaram falta de estabilidade:

Minas Gerais: 13

Pará: 3

Paraná: 1

O envio anual da Declaração de Condição de Estabilidade está previsto em lei, mas, em fevereiro, a ANM deu 30 dias de prazo para as empresas enviarem a documentação sobre as barragens do tipo “a montante”.

A decisão foi tomada após uma barragem da mineradora Vale romper em Brumadinho (MG), levando uma enxurrada de lama à região.

De acordo com as autoridades, mais de 200 mortes foram confirmadas. Outras cerca de 100 pessoas ainda estão desaparecidas.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here