Uma anta que foi atropelada e agredida no dia 7 de maio na avenida Mário Raiter, nas proximidades do Parque Ecológico de Sorriso, foi solta esta semana em uma área de preservação ambiental na Serra do Cachimbo, em Novo Progresso. Na ocasião, o animal foi atropelado por um motociclista que ainda teria agredido com golpes de capacete após a colisão.

“Ela foi solta na base aérea do Cachimbo, numa área bem propicia para sua soltura. É uma área de matas contínuas e totalmente preservada. Com segurança que ela não vai atravessar nenhuma estrada e nem sofrer ações de caçadores. Durante esse tempo estivemos fornecendo tratamento com água, alimentação e condição para que ela pudesse sobreviver. Ela recebeu mais um acompanhamento médico veterinário que fez esse trabalho conosco”, explicou o coordenador Reinaldo Nunes, do Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF).

Reinaldo detalhou que o animal chegou a fugir novamente, mas foi capturado uma semana depois. “Houve o acidente no dia 7 de maio e ela ficou em tratamento veterinário por conta das lesões. No dia 12 estávamos estudando a possibilidade da soltura, quando ela empreendeu fuga desse dia até o dia 19. Mais sete dias ela ficou sendo vista em bairro aqui próximos, onde conseguiram fazer apreensão dela em um terreno no bairro São Conrado”.

Anta foi atropelada na perimetral próximo ao CTG em Sorriso

“A partir do dia 30 ela já estava apta para soltura. Iniciamos as tratativas através da Secretaria de Estado e Meio Ambiente e o Santuário dos Elefantes em Chapada dos Guimarães, mas por uma demora de resposta passamos a cogitar uma alternativa que surgiu através do Campo de Provas Brigadeiro Veloso. Entramos em contato com o IBAMA, já que se trata de um estado vizinho, onde prontamente deu um parecer favorável e autorizou a soltura no campo da base aérea”, finalizou.

Autor: Só Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here