Para garantir as boas condições de trafegabilidade das ruas e avenidas de Sorriso, além da manutenção com o trabalho de tapa-buracos, a Administração Municipal de Sorriso, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp), também tem investido em ações de recapeamento, com a utilização de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ), para permitir uma maior durabilidade do serviço.

Em 2017, as ações de recapeamento promovidas no município somaram R$ 1.117.399,62 em 36.072,12 m², com a recuperação de vias como a Avenida Brasil, a Avenida Porto Alegre, a Rua Mato Grosso, a Rua das Videiras, a Rua Bené, a Rua Zulmar Bertuol, a Rua Foz do Iguaçu, a Rua 3 e a Rua dos Pioneiros.

Já em 2018, com um total de R$ 577.171,44, as ações tiveram como foco a Avenida Otávio Souza Cruz, a Avenida Curitiba e a Rua Lions Club, com uma área total pavimentada de 16.822,89 m.² Para este ano, estão sendo investidos R$ 263.048,58 na obra de drenagem e pavimentação asfáltica no Beco São Lucas, no bairro Boa Esperança 2; e nas ruas Carlos Fioravante Dallagnol, Frei Galvão e Geraldo Lopes Ribeiro, no Bairro União.

Já por meio de outro contrato, no valor global de R$ 1.304.184,08, estão sendo recuperadas a Avenida Porto Alegre, a Avenida Blumenau, a Rua das Seriemas, a Perimetral Noroeste e a Perimetral Sudoeste. Outro trecho da Sudoeste também está sendo recuperado por meio de outro contrato, que prevê ainda o recapeamento da Avenida Noêmia Tonello Dalmolin, com um montante de R$ 343.128,20.

Segundo o titular da pasta, Acácio Ambrosini, deve ser licitada em breve outra obra, para que seja feita a pavimentação asfáltica das ruas Ari Maica, Admilson Izidoro Soares, Rio Danúbio, Lobo Guará e Alecrino de Souza, todas no bairro Nova Aliança. Para tanto, o valor estimado é de R$ 583.950,64.

“Por meio de convênios e também utilizando recursos próprios, estamos focados em garantir a segurança e a trafegabilidade das vias urbanas, ao mesmo tempo em que estamos atuando para permitir que nossa malha vicinal também esteja em boa situação de tráfego”, comenta o prefeito de Sorriso, Ari Lafin.

O titular da Semosp lembra que as condições climáticas precisam ser respeitadas para a realização dos serviços. “O volume de chuvas tem sido intenso e constante nos últimos dias, e não há como colocar as máquinas para trabalhar sem que o tempo esteja firme, não só para que o trabalho seja feito a contento, como para garantir que não haja desperdício de material”, pondera o secretário, reforçando que uma equipe está atuando à noite em operações de tapa-buraco para garantir agilidade quando as condições climáticas permitem.

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here