Os candidatos apoiados pelo presidente Jair Bolsonaro não viram a ajuda política reverter em votos nas eleições do último domingo. Nas maiores capitais do país, apenas quatro candidatos foram eleitos ou passaram para o segundo turno. Bolsonaro apoiou 13 candidatos a prefeito, mas apenas dois se elegeram em primeiro turno.

Para o cientista político Leandro Gabiatti, Bolsonaro optou por manter uma posição de neutralidade nas eleições municipais deste ano, fato que pode trazer alguma complicação ao presidente. “Não podemos afirmar que Bolsonaro sai derrotado dessas eleições, mas ele vai pagar um custo político por ter mantido essa neutralidade durante a campanha”, diz Gabiatti.

Ainda segundo o cientista político, com o resultado do pleito neste ano, muitos candidatos de partidos de centro aumentaram seu “cacife político” e na hora de negociar com o governo vão colocar em pauta o ganho eleitoral conquistado nessas eleições.

“Acredito que agora o presidente está fazendo um cálculo estratégico para saber como irá conduzir seu governo pelos próximos dois anos. Como alguns aliados saíram fortalecidos dessa eleição, Bolsonaro também já pensa na sua estratégica para 2022”, pondera o especialista.

Autor: Canal Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here