Foto: Divulgação

A CBF lançou, nesta terça-feira (9), a sua nova logomarca e sua nova camisa 2 branca. É a 15ª versão do escudo, incluindo as mudanças com as inclusões das estrelas das conquistas da Copa do Mundo. Embora tenha sido apresentado e já seja utilizado nas redes sociais e publicações institucionais da entidade, o novo emblema só estreará no uniforme da seleção brasileira em março de 2020, nas eliminatórias. Portanto, não está nas novas camisas e não estará na Copa América.

Segundo a CBF, o objetivo com a nova marca é assegurar, além de modernizá-la, ampliar a percepção de que a entidade realiza um trabalho além das seleções brasileiras. O novo escudo manteve boa parte de seu desenho, com a cruz no seu centro. As cores foram valorizadas.

É a primeira grande mudança desde 1991, ano em que o escudo anterior foi adotado. As únicas mudanças, desde então, foram as inclusões das estrelas do tetracampeonato mundial, em 1994, e do penta, em 2002.

– Essa mudança reflete os valores que a CBF quer reforçar na sua relação com todos os seus parceiros e com a sociedade – declarou Rogério Caboclo, presidente da CBF.

Já a nova camisa, vem pra homenageia o uniforme usado na Copa América 1919, a primeira conquistada pelos brasileiros na história.

Na final, a seleção bateu o Uruguai, no Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, com gol do lendário Friedenreich.

O responsável por apresentar a peça foi o atacante Vinicius Jr., do Real Madrid, que veio da Espanha especialmente para estrelar a campanha.

Veja como ela ficou:

Globo Esporte e ESPN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here