Morador de Nova Mutum, de 47 anos, que morreu vítima do coronavírus neste domingo(3), teria infectado outras 2 pessoas da mesma residência. Estas duas pessoas seriam colegas de trabalho da vítima.

O paciente no morreu no Hospital Regional de Sinop, onde estava internado há 10 dias, após o agravamento do seu quadro. A confirmação da morte colocou o Secretária de Saúde do município em alerta, já que a doença pode ter sido transmitida para outras pessoas próximas a ele.

Com o óbito, todos que tiveram contato com a vítima foram encaminhados para a testagem. Essas duas pessoas já teriam testado positivo em exame anterior.

O paciente estava há cerca de 6 meses na cidade de Nova Mutum. Natural de Sertãozinho, ele trabalhava numa obra de uma usina na região. Ele estava morando numa espécie de alojamento, com outros colegas de trabalho.

Segundo as informações, o paciente esteve no dia 23 de abril numa unidade de saúde relatando os sintomas da doença. Foi orientado a se isolar em casa, colheu exame e era monitorado por uma equipe de saúde.

No dia 26, retornou ao local, com agravamento do seu quadro. Ficou internado e, no mesmo dia, levado para a UTI (Unidade de Terapia Intesiva). No dia 27, com agravamento do quadro, foi encaminhado para o Hospital Regional de Sinop, onde não resistiu e veio a óbito.

Atualmente, Nova Mutum tem 5 casos confirmados da doença.

CENÁRIO ESTADUAL

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (04.05), 344 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Fonte: Folhamax

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here