Panfleto com orientações sobre os cuidados contra o Covid-19

A movimentação nas fazendas é intensa nesta época do ano em Mato Grosso. É tempo de colheita e conforme as máquinas avançam sobre as lavouras, a circulação de pessoas no campo também fica maior, exigindo mais cuidados para proteger colabores e agricultores, da Covid-19. Nos últimos 10 dias o número de casos da doença confirmados pela Secretaria de Saúde do Estado cresceu significativamente. Passou de 2.413 para os 4.501 confirmados no boletim divulgado na noite desta terça-feira, 09. Um salto de 86% no período!

Como o avanço coincide justamente com o momento de maior circulação de pessoas nas fazendas, as lideranças do setor reforçam a necessidade de redobrar os cuidados de higiene contra a Covid-19 nas propriedades rurais. “Estamos repassando algumas orientações para os produtores para que tomem cuidados para evitar a contaminação da sua equipe de trabalho. Nós temos que ter cuidados básicos como usar máscaras, álcool em gel, evitar aglomerações nas cantinas, nos pátios da empresas na hora de descarregar a produção. O vírus é altamente contagioso e todo cuidado é pouco! Queremos evitar que os agricultores tenham transtornos numa época tão difícil quanto essa que é a colheita de uma cultura”, explica Ilson José Redivo, que é presidente do Sindicato Rural de Sinop.

Em Sorriso, município vizinho, o Sindicato Rural também tem apoiado campanhas orientativas. Mais de 2 mil folhetos e cartazes com uma lista de dicas de prevenção contra a doença foram distribuídos em armazéns e postos de combustíveis da região. A ideia é reduzir riscos os durante a colheita do milho e do algodão.

Aliás, a colheita da pluma costuma envolver muita gente de outras regiões do país, que encontram em Mato Grosso uma oportunidade de renda durante este período do ano. O agricultor Orcival Guimarães vai contratar 350 pessoas para o trabalho. Pelo menos 250 devem vir de estados do nordeste. Ele já começou a adotar medidas preventivas contra a doença.

“Vamos fazer os testes rápidos e manter o isolamento caso algum dê positivo. Os testes de temperatura de oxigenação serão diários. A disponibilização de álcool em gel e o reforço da importância da higienização serão constantes. Vamos fazer de tudo para que ninguém se contamine”, conclui.

Canal Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here