O Palmeiras venceu o Cuiabá por 1 a 0 na noite desta segunda-feira (18), no Allianz Parque, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro. O gol foi marcado por Gabriel Veron, pivô de polêmica e multado pelo clube na semana passada, mas que ganhou voto de confiança do técnico Abel Ferreira.

Com o resultado, o time alviverde voltou a se isolar na liderança do torneio nacional, chegando a 33 pontos -o segundo colocado é o Atlético-MG, com 31. Já o Cuiabá parou nos 19 pontos e ocupa a 15ª colocação.

O Palmeiras volta a campo nesta quinta-feira (21), às 20h, quando visita o América-MG, no estádio Independência. O Cuiabá entra em campo no mesmo dia, às 19h, quando recebe o vice-líder Atlético-MG na Arena Pantanal.

A primeira etapa foi marcada pela dificuldade do Palmeiras em furar o bloqueio do Cuiabá. O time alviverde até deu trabalho para Walter, mas criou menos do que costuma fazer jogando em casa.

O gol da vitória veio apenas na segunda etapa. Mayke ganhou dividida pela direita, avançou pelo meio e lançou ótima bola em profundidade para Gabriel Veron. O jovem atacante avançou sozinho nas costas das zaga, invadiu a área e deu um tapa de esquerda no canto esquerdo, tirando de Walter.

Diferentemente do que aconteceu contra o São Paulo, o técnico Abel Ferreira apostou em Gabriel Veron como falso 9, devolvendo Raphael Veiga a sua posição de origem, no meio-campo.

Dudu jogou pela esquerda, e Gustavo Scarpa pela direita. O elenco alviverde teve dificuldade em quebrar a linha de cinco defensiva do Cuiabá, mas, mesmo assim, obrigou o goleiro Walter a trabalhar. A vitória veio em retomada de bola, seguimento rápido da jogada e lançamento em profundidade explorando a linha alta do Cuiabá que saía para o jogo.

Melhor ataque do ano, o Palmeiras chegou ao centésimo gol na temporada 2022 com o tento anotado por Gabriel Veron. O artilheiro do ano é Raphael Veiga, com 19 gols, com Rony logo atrás, com 18. Scarpa completa o ‘pódio’ com oito gols.

Palmeiras

Weverton; Mayke, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez (Vanderlan); Danilo, Gabriel Menino (Zé Rafael) e Raphael Veiga (Atuesta); Gabriel Veron (Breno Lopes), Gustavo Scarpa e Dudu (Wesley). Técnico: Abel Ferreira.

Cuiabá

Walter; João Lucas, Empereur, Marllon, Joaquim Henrique e Igor Cariús (Uendel); Rafael Gava, Rodriguinho (André) e Kelvin Osorio (Pepê); Alesson (Marcão) e Valdivia (André Luís). Técnico: António Oliveira.


Autor: A Folha de São Paulo

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here