Foto: Ilustração

Em 11 de julho, de acordo com o calendário eleitoral de 2022, o TSE publicará na internet o número de eleitores aptos a votar. Será então possível conhecer o número exato de eleitores na Comarca de Sorriso. O que se sabe hoje é que houve um aumento de 5,65 no número de eleitores inscritos em janeiro deste ano em relação a janeiro de 2021.

O prazo para regularização de títulos terminou dia 04 de maio, mas ainda estão sendo finalizados os pedidos de transferência, cadastro ou regularização. Hoje o município conta com 56.847 eleitores, mas mais de 8 mil teriam que pedir a regularização do título para votar.

O calendário prevê a realização de convenções partidárias entre 20 de julho e 5 de agosto para definição das candidaturas e pedidos de registro até 15 de agosto.

Sorriso tem hoje pelo menos oito nomes lançados como pré-candidatos para disputar vagas na Assembleia Legislativa de Mato Grosso. PSDB, PL, Podemos, União Brasil, PP, Patriota e MDB tem nomes colocados. A preocupação é de que seja difícil para qualquer um deles alcançar o intento.

O programa A Voz do Povo da Rádio Sorriso FM ouviu ao longo das semanas os pré-candidatos que apresentaram os nomes visando representar Sorriso na AL. Para o cargo de Deputado Estadual, apresentaram-se Leandro Damiani, atual presidente da Câmara de Vereadores, que recentemente mudou-se para o partido PDDB. Disse inclusive que deixa o cargo de vereador de consciência tranquila porque segue no Legislativo. Ele está em seu segundo mandato como vereador, tendo sido o mais votado, com 3.340 votos na última eleição. Acredita que com 16 mil votos se elege.

Gerson Bicego, atual vice-prefeito se apresenta como pré-candidato pelo PL, afirmando que pelo seu partido precisaria de 18 mil votos para conquistar uma vaga na AL.

Dulcinéia Souza, ou Dulcinéia da Poranga é pré-candidata a deputada estadual pelo partido Podemos. Ela disse que foi convidada pelo presidente regional do partido a entrar na disputa. Já foi candidata quatro vezes ao cargo de vereadora, mas não conseguiu entrar. Acredita que tem possibilidade de se eleger deputada.

Xuxu Dalmolin, atualmente ocupando cadeira na Assembleia Legislativa, acomodou-se recentemente no partido União Brasil, partido pelo qual considera que tem mais chances de reeleição. Ele já foi vereador e vice-prefeito e nas últimas eleições disputou a Prefeitura de Sorriso.

O vereador Wanderley Paulo se coloca como pré-candidato a deputado estadual pelo Partido Progressista. Já foi vice-prefeito e atualmente também é presidente da Frente Parlamentar Mato Grosso – Pará. Acredita que precisa de 11 a 14 mil votos para conquistar uma vaga por seu partido.

A pré-candidata a deputada estadual, Adriana Tavares, conhecida como professora Adriana está com o nome colocado na disputa pelo Partido Patriota. A servidora já disputou outras eleições, tentando ser vereadora e também deputada estadual. Acredita que pela legenda que representa, tem chances fortes de conseguir a vaga.

Jadiel Souza se apresenta como pré-candidato pelo MDB, segundo ele, com a anuência do diretório estadual do partido. Jadiel trabalha como pedreiro durante o dia e professor de Educação Física no período noturno. Em entrevista declarou que não pretende abrir mão da futura candidatura, a menos que seja forçado pelo partido, haja vista que, palavras dele, as conversações sobre política passariam longe de serem sinceras. O jovem de 30 anos foi candidato a vereador nas últimas eleições.

E ainda, da região, buscando conquistar parcela de votos em Sorriso, está com o nome colocado pelo MDB, Valdenir dos Santos, ex-prefeito de Nova Ubiratã. Ele geriu a cidade por dois mandatos e também foi secretário de agricultura naquele município.

Câmara Federal

Dois vereadores estão com seus nomes colocados como pré-candidatos a Deputados Federais. Maurício Gomes, pelo PSB, foi um dos poucos que não mudou de partido neste ano. Ele é secretário estadual do segmento LGBTQA+ e integra também a executiva nacional do partido. Diz que sua pré-candidatura é um pedido da população e do partido.

Acácio Ambrosini confirma pré-candidatura a Deputado Federal pelo Republicanos em sorriso. Ele tem cinco anos de vida pública, foi secretário de Obras em Sorriso e atualmente está no Legislativo Municipal, tendo sido eleito com 1.497 votos.

A empresária Ane Borges se apresenta como pré-candidata pelo partido União Brasil, ao qual e filiou neste ano a convite do governador Mauro Mendes. Em 2018 foi candidata conquistou mais de 18 mil votos espalhados por quase todos os municípios de Mato Grosso.

E para federal se apresenta ainda como pré-candidato pelo Podemos, o cirurgião plástico Marcos Harter. Ele já foi candidato em eleições passadas e por este motivo diz que o partido o tem como candidato natural.


Autor: R9 News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here