m dos polos do agronegócio em Mato Grosso, Lucas do Rio Verde terá milionários disputando a prefeitura nas eleições de 15 de novembro. Pela reeleição, Luiz Binotti (PSD) declarou patrimônio avaliado em R$ 39 milhões. O mais rico dos 4 postulantes é Miguel Vaz (Cidadania), com R$ 131 milhões em bens. Os dados podem ser conferidos no DivulgaCand (aqui).

Tentando mais 4 anos no comando do Poder Executivo, Binotti ficou R$ 5,1 milhões mais rico em 4 anos. Quando foi eleito para seu primeiro mandato, o social democrata tinha R$ 33,9 milhões.

Neste ano, em sua longa lista de bens, com 81 itens, Binotti declarou imóveis rurais em diversas cidades, como um no município de Cabeceiras, Goiás, avaliado em R$ 5,3 milhões. Outro imóvel rural está localizado em Lucas, no valor de R$ 4,1 milhões.

O prefeito também tem casas e apartamentos. Em Lucas, por exemplo, é dono de uma casa de R$ 3 milhões e apartamento de R$ 1 milhão. Outro apartamento do prefeito está em Cuiabá (R$ 1,2 milhão). Entre empresas, consórcios não contemplados, carros e dinheiro em conta, o social democrata também tem uma lancha de R$ 20 mil.

Candidato pela coligação “Lucas no rumo certo” (PT, PP, MDB, PL, PSB, PSD, Solidariedade, PTB e PRTB), Binotti terá como vice o odontólogo Dilson Rodrigues (PP), que declarou patrimônio avaliado em R$ 445,8 mil

Rodinei Crescêncio/Arte/RdnewsLuiz Binotti bens

O mais rico

Com o maior patrimônio, Miguel se destaca pelo número de itens listadas, 186, na maioria veículos agrícolas. Entre caminhões, carretas e colheitadeiras, o mega produtor rural é dono de uma aeronave agrícola avaliada em R$ 4,1 milhões e um avião de R$ 450 mil.

Miguel ainda acumula: ações na companhia Tapajós Participações S.A. (R$ 35 milhões), R$ 9,8 milhões em uma de suas contas bancárias, R$ 20,4 milhões referentes a ações da Companhia Dakang Fiagril Participações S.A., R$ 10,2 milhões em quotas de investimento, a Fazenda Mutuca (R$ 6 milhões) e um apartamento em Balneário Camboriu (SC) de R$ 1,8 milhão.

Candidato pela coligação “Gente que faz” (DC, PSC, Cidadania, PDT, PSDB, DEM, PSL, Republicanos e PV), Miguel tem como companheiro de chapa o empresário Marcio Pandolfi (PDT), que acumula R$ 2,3 milhões em posses.

Miguel Vaz bens

3ª chapa de empresários

Com patrimônio avaliado em R$ 31,5 milhões, o empresário Claudio Senna disputa a prefeitura tendo como vice empresário Roberto Barra, ambos do Podemos, que disse não ter bens.

Claudio, que encabeça a coligação “Renova Lucas” (Podemos e Patiota) declarou ter R$ 7 milhões em uma conta poupança e uma casa no município de Guaíra (PR), avaliada em R$ 3,4 milhões. O candidato também tem uma casa em Bombinhas (SC) de R$ 3 milhões, e um posto de gasolinas em Sinop (R$ 1,2 milhão).

Claudio Senna bens

O mais pobre

O vereador Jiloir Pelicioli (Pros), o Mano da Saúde, declarou R$ 339,9 mil em bens, sendo um Jeep (R$ 150 mil), dois terrenos (R$ 40 mil e (R$ 60 mil), duas casas (R$ 80 mil e R$ 5 mil), e R$ 4,9 mil em conta corrente.

Candidato pela coligação “Lucas acima de tudo Deus acima de todos” (Pros e PTC), Mano da Saúde terá de vice a dona de casa Antonia Ferreira (PTC), a Dona Antônia, que declarou apenas uma moto de R$ 3,5 mil.

Mano da Sa�de bens

Autor: RD News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here