Yann Gabriel Wakitchi Mito, 18 anos, foi detido pela Polícia Militar após ameaçar cometer um massacre na Escola Estadual Honório Rodrigues Amorim, no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande. A prisão aconteceu na tarde de terça-feira (19).

De acordo com o 25° Batalhão de Polícia Militar, as equipes receberam a denúncia de que ele estaria ameçando cometer um ataque, semelhante ao ocorrido na escola Raul Brasil, em Sozano (SP), que deixou 10 pessoas mortas, incluindo os atiradores.

A PM chegou até o endereço do jovem por meio de serviço de inteligência e o localizou, no bairro Construmat.

Nas redes sociais, Yann aparece em várias fotos ostentando armas de paintball, inclusive com uniforme tático, usados em combate militar. As imagens foram cruciais para a PM identificar possível risco no caso.

Yan foi preso pelo crime de ameaça e encaminhado para a Central de Flagrantes no bairro Parque do Lago.

Yan é o segundo detido em Várzea Grande por cometer ameaças de ataque em escolas na cidade. Um dia antes, Gabrielle Macedo Rodrigues, 19 anos, foi presa e autuada por apologia ao crime. Foi ela quem divulgou imagens de um grupo de WhatsApp intitulado “MassacreMT”, que falava sobre atentados nas escolas Jaime Veríssimo de Campos Júnior e Marlene Marques, ambas na região do bairro Jardim Imperial em Várzea Grande.

Fonte:Ubiratã 24h

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here