Os acionistas dos três maiores grupos agrícolas do país, Amaggi, Bom Futuro e Scheffer, anunciaram nesta quinta-feira (26/3) que doarão 10 leitos completos de unidades de terapia intensiva (UTI) para o Hospital de Sapezal, cidade localizada na região oeste de Mato Grosso. A prefeitura da cidade será a responsável pela instalação das UTI’s nos próximos dias.

Segundo o ex-ministro da agricultura e acionista do Grupo Amaggi, Blairo Maggi, também foram compradas para doações máscaras, luvas, aventais e testes rápidos para a detecção do novo coronavírus. “Hoje, concluímos a compra de dez leitos de UTI completos para Sapezal”, anunciou Maggi, em uma rede de troca de mensagens. “Nossas famílias se juntaram para fazer essa ação social pela cidade de Sapezal”.

Os três grupos pertencem aos membros da família Maggi (Amaggi), Scheffer e Bortoli (Bom Futuro) e Maggi Scheffer (Scheffer). De acordo com o empresário, o objetivo da doação para o hospital de Sapezal é para que as pessoas que moram na região não precisem se deslocar até Cuiabá, capital do Estado, que já está bastante demandada devido aos casos de coronavírus.

O valor das doações não foi informado, mas ultrapassa R$ 1 milhão.

Em Mato Grosso, de acordo com estatísticas da Secretaria Estadual de Saúde, 11 casos da doença foram confirmados, até a noite desta quinta-feira, e 385 são considerados suspeitos. Cuiabá tem o maior número, com 8 casos confirmados, e ainda há dois casos confirmados em Várzea Grande e um em Nova Monte Verde.

Em São José do Xingu, cidade distante 950 quilômetros de Cuiabá, uma família de 12 pessoas está isolada em uma fazenda, após um dos membros retornarem de uma viagem a Goiás com sintomas da doença. A vigilância de saúde e militares da cidade estão acompanhando o grupo.

Autor: Globo Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here