Levantamento feito pelo Jornal A Gazeta revela que Sorriso é a cidade de Mato Grosso que tem o gás de cozinha mais caro do estado. Segundo a reportagem, “o maior preço é verificado no município de Sorriso (a 420 km ao norte de Cuiabá). Na localidade, o valor médio do GLP ao consumidor, cotado na última semana pela ANP, está em R$ 100,63, com variações entre o mínimo de R$ 90 e o máximo de R$ 115”.

Ainda de acordo com A Gazeta, “Cáceres (a 225 km a oeste da Capital) é o município onde o gás de cozinha é mais barato para o consumidor, cotado na média de R$ 79, mas que pode chegar ao mínimo de R$ 70 e ao máximo de R$ 90”. 

O jornal informa ainda que o gás de cozinha teve novo aumento de preços este mês. Os reajustes começaram a ser repassados pelas distribuidoras na quarta-feira (4). As majorações anunciadas pelas companhias aos revendedores chegam a 3,16%. O percentual aplicado na atualização dos preços representa acréscimo de até R$ 3 por botijão na ponta da cadeia, ou seja, ao consumidor.

De acordo com informações repassadas pelo Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás (Sinergás) em Mato Grosso, 3 distribuidoras de GLP anunciaram a atualização de preços do GLP. Entre os motivos que levaram às correções de valores, expostos nos comunicados de reajustes enviados às revendas, estão dissídio coletivo da categoria, majorações do custo do frete, dos combustíveis, da manutenção de vasilhames, requalificação e aumento da energia elétrica.

Com informações de Rádio Sorriso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here