O médico Neurocirurgião IGOR YSSAO MOREIRA YAMAMURA, nomeado em maio de 2018 na Prefeitura Municipal de Várzea Grande – MT e atende a saúde do município, e tem em seu passado várias situações complicadas. Uma delas foi quando respondeu um inquérito policial na cidade de Uruguaiana-RS, onde figurou como suspeito de um caso de um caso de sequestro e cárcere privado.

Segundo reportagem do jornal da cidade datada de 19 DE AGOSTO DE 2014, a então delegada Caroline Huber instaurou inquérito policial, para apurar o que ela suspeitava ter sido um caso de sequestro e cárcere privado.

O médico também havia sido afastado do setor neurológico da Santa Casa de Caridade de Uruguaiana, após postar fotografias de seus pacientes durante cirurgia médica.

Em 2017, quando trabalhava no hospital 13 de Maio na cidade de Sorriso-MT, muitas informações foram repassadas que sua conduta com colegas e demais pessoas não era das melhores, e que teria sido demitido do hospital entre outras coisas por esse motivo.

Tendo clinicado em várias cidades, como Bagé (RS), Campo Grande (MS), Sorriso (MT) e atualmente município de Várzea Grande (MT) o médico de 36 anos, adquiriu experiencias por não permanecer muito tempo em um determinado local.

Outro Lado

A reportagem tentou contato com o médico IGOR YSSAO MOREIRA YAMAMURA, mas até o fechamento desta matéria não foi localizado.

Fonte: Marreta Urgente

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here