A idéia de que a maioria da bancada na Câmara Municipal de Sorriso, nas eleições de 2020, poderia dar tranquilidade ao prefeito Ari Lafin (PSDB) para a condução de seu segundo mandato à frente do Executivo Municipal, sem contestação, caiu por terra na última semana, quando os 11 vereadores que compõe o parlamento assinaram ou concordaram com a abertura de duas Comissões Parlamentares de Investigação, a famosa CPI.

Uma delas deverá focar nas denúncias de supostos servidores fantasmas, que eram pagos por uma cooperativa de serviços contratada pela Prefeitura Municipal de Sorriso, e que, segundo denúncia da própria gestão, foram encontrados seis pessoas, cujo salário seria pago na conta de terceiros, que fariam parte deste esquema.

Outra investigação deverá abranger a área da saúde, já que a denúncia de um crime organizado que se utilizava de liminares judiciais para duplicar notas fiscais, ou seja, pagando várias vezes a mesma decisão judicial do mesmo paciente. Neste caso a servidora que era a responsável por esse serviço na Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento foi afastada e denunciada pelo próprio gestor da pasta, Luis Fabio Marchioro, que solicitou o mpróprio desligamento da gestão, alegando deixar a secretaria continuar seus serviços de atendimento à população, até que o fato seja esclarecido minuciosamente.

O desenrolar dos trabalhos dos vereadores serão cenas dos próximos capítulos, porém, o simples fato da abertura das investigações já demonstra a ‘independência’ dos parlamentares, que dizem buscar a verdade e esclarecimentos sobre os fatos. “Que quem tem culpa seja identificado e quem seja inocente possa provar que não tinha nada a ver com essas fraudes”, disse o presidente do legislativo, Leandro Damiani (PSDB).

Apesar das CPI’s na Câmara Municipal, as investigações já estão ocorrendo na seara da justiça, onde os envolvidos, prefeito e secretários, protocolaram denúncia relatando os fatos encontrados na ponta da gestão.

Autor: Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here