As aulas presenciais nas escolas e universidades públicas e privadas de Mato Grosso continuam suspensas por tempo indeterminado, segundo a Secretaria Estadual de Educação (Seduc). Já o retorno das aulas na rede municipal de Cuiabá está previsto para o dia 18 deste mês.

A Seduc informou que está montando um cronograma com sugestões de datas para o retorno, mas que isso vai depender de como estará a situação no estado em relação à Covid-19. De acordo com a secretaria, conforme o último decreto do governador Mauro Mendes (DEM), a medida é válida também para a rede privada.

Já o prefeito Emanuel Pinheiro anunciou no dia 27 de abril um cronograma de retomada das atividades escolares na rede pública da capital para o dia 18. No entanto, a proposta aguarda avaliação do Ministério Público Estadual (MPE).

Conforme o plano apresentado, a volta das atividades presenciais está prevista de forma gradativa. No dia 18, devem retornar às aulas os alunos de 0 a 3 anos e 11 meses, e no dia 25 de maio os alunos de 4 e 5 anos.

Segundo a prefeitura, os alunos do 6º ao 9º ano e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) voltam no dia 1º de junho e no dia 8 de junho os alunos do 1º ao 5º ano, quando o município espera já estar superado o momento de maior risco de infecção pelo vírus. “Oportuno esclarecer que o cronograma somente será executado mediante análise dos dados relativos à disseminação do novo coronavírus. A reunião deve ser realizada na data de 14 de maio, entre a gestão municipal e MPE para avaliação”, diz a prefeitura, em nota.

Atualmente, a rede municipal atende cerca de 54 mil alunos, distribuídos em 164 unidades escolares. Já na rede estadual são 367 mil estudantes.

Conforme o último boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), Mato Grosso tem 385 casos confirmados da Covid-19 e 13 mortes em decorrência da doença. Cuiabá é o município que tem mais casos confirmados do novo coronavírus. São 155 registros.

Fonte: Folhamax

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here