Formação, sensibilização, orientação. Estas palavras vão nortear as ações promovidas em Sorriso em alusão ao 2 de abril, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo. Hoje  (29), começa uma formação específica que será promovida mensalmente até outubro com os 53 estagiários que atuam na Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) com atendimento a crianças autistas.  Durante este período, os estagiários poderão aprofundar seus conhecimentos e partilhar suas vivências na última sexta-feira do mês, sempre no período oposto ao que trabalham.

“Mesmo tendo o mesmo transtorno, cada autista é único e por isso, com essa formação, poderemos trabalhar de maneira mais aprofundada cada tipo de abordagem”, explica o coordenador de Educação Especial da Semec, Umberto Pelisser, complementando que, além da formação específica para os estagiários que fazem este acompanhamento direto aos autistas, também será promovida uma palestra com a psicóloga e pedagoga Giany Ghattas, especialista em neuropsicologia, neuroeducação e psicopedagogia. “Em sua complexidade, o autismo precisa ser conhecido por pais, familiares, professores, enfim, pela comunidade em que esta criança vive, para que haja, efetivamente, a inserção na sociedade”, destaca Umberto.

Na quarta-feira (3) pela manhã (das 7h às 11 horas), Giany ministrará uma formação para os profissionais da Semec que atuam com autistas, bem como com outros alunos portadores de transtornos ligados à aprendizagem, no Centro de Eventos Ari José Riedi. Já à noite, às 19 horas, no mesmo local, a especialista falará sobre o tema em uma palestra aberta ao público.

“As ações promovidas nas datas em que o mundo todo reflete sobre este tema ajudam a despertar toda a sociedade para assunto, que é abordado constantemente junto aos nossos servidores, bem como com toda a comunidade escolar”, destaca a secretária de Educação e Cultura, Lúcia Korbes Drechsler.  Neste mês, todos os 167 estagiários que atuam com alunos com deficiências (sensorial, intelectual e/ou motora) e outros transtornos além do autismo, participaram de uma formação voltada a temas como o vínculo afetivo da criança, a relação instrumental, e a mediação dedicada às necessidades específicas de cada criança.

A inclusão de alunos especiais em sala de aula também está sendo trabalhada com os professores da Educação Infantil até o Ensino Fundamental no Centro Municipal de Formação (Cemfor). Nesta semana, o tema está sendo abordado com um grupo de profissionais e voltará a ser debatido com outro grupo do dia 29 de abril ao dia 3 de maio. “Este contato direto com os professores é importante para que possamos informar o perfil dos alunos que devem ser encaminhados para o Atendimento Educacional Especializado (AEE), estabelecer as diferenças entre transtornos de comportamentos, déficits de aprendizagem, síndromes, e traçar estratégias para o atendimento destes alunos de maneira integrada à comunidade escolar”, detalha Umberto.

Semana do Autismo

Em parceria com a Associação Sorriso Azul, formada familiares, amigos e apoiadores de autistas, e com a Câmara de Vereadores, também estão programadas ações de sensibilização com toda a sociedade, começando ainda na terça-feira (2), com caminhada na região central da cidade a partir das 7h30 e o evento “Plante amor e mate o preconceito”, que começa às 10h30 na Praça da Juventude.

À tarde, das 14h às 16h30, será dada continuidade à ação, que consiste na distribuição de mudas de flores e visitas ao comércio próximo à Praça. Às 19h30, no plenário da Câmara Municipal de Vereadores, representantes da Prefeitura e de instituições que também desenvolvem ações ligadas ao tema poderão explanar sobre o trabalho desenvolvido junto aos autistas no município.

Também está programada uma roda de conversa no sábado (6) às 8 horas na Biblioteca Central Monteiro Lobato e no domingo (7), também pela manhã, um momento de lazer e confraternização na Praça das Fontes.

Fonte: Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here