Nilson Leitão (PSDB), candidato ao Senado pela coligação “Mato Grosso por Inteiro”, abriu as inserções do horário eleitoral nesta sexta-feira (9) destacando que diferente dos demais candidatos ao senado que buscam apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro, ele enquanto deputado federal, líder da oposição ao governo petista, foi um dos líderes do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT) e ajudou a fazer as mudanças que o país está vivendo.

“A diferença dessa relação de apoio é que todos aí querem a ajuda do presidente Bolsonaro. Diferente disso, eu já ajudei o presidente Bolsonaro. Quando lutei pelo impeachment, quando lutei pelos temas que hoje estão em pauta na mesa do presidente Bolsonaro”, diz o candidato ao Senado.

Nilson Leitão foi líder da oposição ao governo petista nos dois anos de mandato como deputado federal e desde fevereiro de 2015 passou a protagonizar as discussões pelo impeachment. A saída do governo petista após 13 anos no comando do país permitiu a chegada do presidente Bolsonaro ao Palácio da Alvorada, com o sentimento de mudança que o país vivia. Leitão esteve presente nas manifestações da Avenida Paulista, discursando e cobrando um novo Brasil.

Leitão destaca que pretende continuar ajudando o país e o presidente Bolsonaro, caso seja eleito. As pautas de Mato Grosso que pretende discutir no Senado Federal como o programa de incentivo fiscal em cidades de baixo IDH para gerar emprego e renda, anistia fiscal de até R$ 20 mil para pequenos e micro empresários, a redução da máquina pública para sobrar mais recursos para investimentos estão alinhados às necessidades de mudança que o povo brasileiro precisa. “Só pedir ajuda, não dá! Eu quero ajudar o Brasil, eu quero ajudar o presidente”, diz Nilson Leitão.

Autor: O Documento

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here