No mês de maio, quando Sorriso completa 34 anos de emancipação político-administrativa, o município vai contar, entre os dias 4 e 8, com as ações do Programa Ser Mulher, promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc-MT), com foco no combate à violência contra a mulher.  Estas ações são ofertadas em ônibus pintados na cor lilás, especialmente equipados com salas fechadas para garantir privacidade às mulheres, com modelo de atendimento multidisciplinar com assistência psicossocial e jurídica para as vítimas de violência, especialmente as que moram no campo.

“Estamos trabalhando no planejamento desta ação junto ao Governo do Estado para permitir que o maior número possível de mulheres possa receber este atendimento em nossos distritos e comunidades rurais de Sorriso”, comenta a secretária de Assistência Social do município, Jucélia Ferro. Vale lembrar que, para a viabilização do programa, o Município oferece parceria à Setasc, por meio da Secretaria de Assistência Social, do Conselho da Mulher e demais secretarias municipais.

De acordo com dados da Setasc, em cada município, o ônibus consegue atender, em média, 100 mulheres, por meio de advogadas, assistentes sociais e psicólogas. O número é ainda maior se somadas as atividades educativas como palestras que também são ministradas pelo serviço.

De 16 a 20 de março, Poconé será o primeiro, dos 26 municípios mato-grossenses, que vão receber o Ônibus Lilás nesta edição do programa. Já no município de Santo Antônio do Leverger, o ônibus irá passar nos dias 23 a 27 de março, de onde segue para a cidade de Nossa Senhora de Livramento, no período entre os dias 30 de março e 03 de abril.

No mês de maio, além de Sorriso, o programa também passará por Araputanga, de 18 a 22; Santa Rita do Trivelato, de 04 a 08; e Santa Teresinha, de 18 a 22. Em junho, a ação atenderá os municípios de Barra do Garças (01 a 05), Confresa (15 a 19), São José do Xingu (22 a 26), Santa Carmem (01 a 05), Matupá (15 a 19) e Novo Mundo (22 a 26).

Em julho, os veículos rodarão em Vera e Nova Xavantina entre os dias 06 e 10, Rio Branco de 21 a 24, Juara 27 a 31. No mês de agosto serão atendidos os municípios de Nova Marilândia, de 10 a 14, e Nova Maringá, de 24 a 28. Em setembro, Porto Estrela, entre os dias 31 de agosto a 04 de setembro e Porto dos Gaúchos de 14 a 18.

Nos últimos meses, o ônibus percorrerá sete municípios, entre eles: Primavera do Leste entre os dias 28 de setembro e 02 de outubro, Tabaporã de 05 a 09 de outubro, e Juína de 19 a 23 de outubro. Em novembro, serão contemplados os municípios de Marcelândia (09 a 13) e Paranaíta (23 a 27). Para finalizar o ano, em dezembro, os municípios visitados serão Nova Guarita, de 30 de novembro a 04 de dezembro, e Reserva do Cabaçal de 14 a 18.

A secretária adjunta de Direitos Humanos da Setasc, Salete Morockoski, ressalta a importância de ampliar o trabalho no Estado. “O Ônibus Lilás oferece um acolhimento para as vítimas e informações necessárias para o combate a violência. A intenção é alcançar as mulheres que moram no campo, com apoio em atendimentos psicossociais e jurídicos de forma gratuita”, completou.

Rede de apoio

Jucélia lembra que casos de violência contra a mulher podem ser denunciados, de maneira sigilosa, pelo 180, mobilizando, desta maneira, toda uma rede de apoio, que vai desde o atendimento pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas), até o acolhimento na Casa Abrigo da Mulher, a disponibilização de cursos profissionalizantes e toda uma série de ações para fornecer os subsídios necessárias para que a vítima possa sair deste ciclo de violência.

A mulher que estiver sendo vítima de agressões também pode, e deve, pedir socorro pelo 190, para que seja imediatamente atendida pela Polícia Militar. Já na delegacia de Polícia Civil está instalado o Núcleo da Mulher, inaugurado em 2018 e voltado para o atendimento de vítimas de violência doméstica ou sexual, além também de desempenhar um trabalho específico junto a crianças e idosos.

Autor: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here