Empresa passou a redirecionar ao consumidor final produtos que ficariam parados por conta do fechamento de restaurantes e outros estabelecimento

A produção de orgânicos no Brasil cresceu 15% em 2019, de acordo com a Associação de Promoção dos Orgânicos (Organis). Este ano, com a pandemia da Covid-19, agricultores familiares passaram por um verdadeiro teste de resistência, por conta do fechamento de restaurantes, hotéis e escolas.

Por outro lado, diversas iniciativas têm mudado as relações entre os mercados e os produtores. Segundo o coordenador de sustentabilidade e suprimentos da startup de alimentação saudável Liv Up, Pedro Martins, a pandemia acelerou duas tendências: as pessoas estão buscando se alimentar melhor, preocupadas com o que estão consumindo por questões de saúde, e tentando se conectar à origem dos alimentos, querendo saber de onde eles vêm e quais as histórias por trás.

Martins destaca que a startup começou algumas ações em meio à pandemia para ajudar os agricultores parceiros atingidos pelo fechamento de estabelecimentos, de forma a direcionar a produção que ficaria sem destino. A Liv Up também passou a adquirir alimentos para serem doados a projetos sociais e pessoas que precisam. Com isso, a renda dos agricultores dobrou em relação ao ano anterior.

Canal Rural

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here