O município de Sorriso vem se destacando no enfrentamento à pandemia do Coronavírus, com o controle dos casos e das vítimas de morte causadas pela doença COVID-19.

Mesmo com as empresas, comércio e escolas municipais e particulares abertas e atendendo, os números de infectados foram os menores desde o início do ano de 2021. Conforme a Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento, a semana epidemiológica que findou na última quinta-feira (22), registrou um número de 161 sorrisenses com resultado positivo para a infecção do vírus. “Essa foi a semana de redução significativa neste ano, pois, tivemos semanas em fevereiro e março onde o número de casos positivos chegou à 400”, informou o secretário Luis Fabio Marchioro, que coordena esta pandemia desde março de 2020.

O prefeito Ari Lafin (PSDB) foi pioneiro no estado de Mato Grosso em implantar um Comitê Municipal de enfrentamento à pandemia, onde estão presentes os representantes da sociedade, como entidades do comércio, agricultura, igrejas, serviço público, segurança, entre outros, que debatem as ações, além dos investimentos em estrutura e profissionais da saúde capacitados, com medicamentos e leitos para tratamento de todos que precisam de cuidados especiais.

“Todas as tecnologias e iniciativas que surgiram no país durante esta pandemia, nós conseguimos dispor para a população de Sorriso e até dos municípios vizinhos que utilizam nossa rede de saúde municipal. Como medicamentos, equipamentos como a Cápsula Vanessa, fisioterapia respiratória profissional especializada, oxigênio com um grande reservatório sempre cheio, equipes de monitoramento, tanto por telefone como à domicílio, uma central de atendimento telefônico gratuito com todas as informações e orientações sobre a saúde pública (150), testagem em massa, profissionais altamente capacitados no assunto, fiscalização séria e comprometida com as forças de segurança junto às infrações das medidas de segurança sanitária, além do mais importante, a colaboração da população, que em sua maioria, entendeu que precisamos nos sacrificar neste momento para podermos ter uma vida próxima ao normal e sem perder vidas”, declarou o secretário.

Além dos números de casos positivos baixo, o município também tem um dos menores índices de mortes do estado. Neste sábado (24) o município registrou o 164º óbito ocasionado pela COVID-19 desde o início da pandemia, com uma população superior à 100 mil habitantes.

Um hospital de campanha implantado e aberto 24 horas por dia desde o mês de junho do ano passado tem feito muita diferença, com atendimento imediato à pessoas com sintomas do coronavírus. “Quanto antes o atendimento, maiores as chances de cura”, informa Luis Fabio.

Hospital de Campanha de Sorriso funciona como Centro de Triagem e dispõe de 17 leitos de enfermaria com suporte ventilatório, desde junho do ano de 2020.

A estrutura foi planejada, nenhuma improvisação precisou ser feita no atendimento aos pacientes suspeitos e confirmados com a Covod-19, como em outros locais pelo país, onde até estruturas de estádios e ginásios de esportes e centro de eventos precisaram abrigar pacientes. “Aqui em Sorriso primamos pela dignidade dos pacientes e essa também foi uma preocupação com cada ação tomada”, destacou o chefe da pasta da saúde do município.

A união de esforços também é o ponto fundamental, pois o prefeito Ari foi o líder e convidou todas as autoridades à participarem, tanto os vereadores, que atuam diretamente e contribuem para o processo todo com articulação local, estadual e até junto ao governo federal, além do Poder Judiciário e Ministério Público, que acompanham cada momento da pandemia de perto. “Me orgulho de ser o prefeito de uma cidade que está unida desta maneira no enfrentamento à um dos maiores problemas da nossa história, andando junto a saúde e a economia, todas essenciais para a nossa sobrevivência”, disse o prefeito em evento do Comitê da COVID-19 municipal.

A organização das escolas, especialmente as públicas municipais, é outro ponto a se destacar, onde há protocolos de segurança rigorosos, que estão garantindo a tranquilidade tanto para os pais de alunos quanto aos profissionais da educação. “Álcool na entrada, aferição de temperatura, distanciamento dentro das salas e o contato direto com a Secretaria de Saúde em casos suspeitos, É exemplar a organização e disciplinas em nossas escolas”, parabenizou o secretário de saúde.

As entidades do comércio e os líderes religiosos formam outra parte que ajuda a manter a ordem e o funcionamento do comércio e igrejas de maneira responsável em meio aos riscos de infecção. “Aqui os próprios interessados se organizam, realizam planos de contingência e fiscalizam seus setores. Isso faz toda a diferença para o funcionamento dos diversos setores em respeito às regras sanitárias”, agradeceu o prefeito.

Comitê de Enfrentamento e Prevenção ao Coronavírus em Sorriso- MT

Sorriso também é o único município do estado de Mato Grosso que investe cerca de R$ 6 milhões de recursos próprios para a manutenção de leitos de terapia intensiva na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) municipal.

Na vacinação de idosos contra a COVID-19, Sorriso também desponta entre os municípios que mais aplicam as doses recebidas, no estado, com quase 90% de cobertura na aplicações assim que recebe as vacinas.

Em recente apresentação aos membros do Comitê de enfrentamento a COVID-19 em Sorriso, a equipe da Prefeitura Municipal detalhou os investimentos realizados, só para este fim, durante o período de um ano, onde as cifras já beiram os R$ 40 milhões ao total.

Enfim, Sorriso, a Capital Nacional do Agronegócio, hoje também se destaca no combate eficiente na pandemia do Coronavírus, em nível de estado e até mesmo de país, para cidades com médio porte. Porém, o secretário de saúde adverte que isso não deve ser motivo para relaxamento. “O perigo está presente e não podemos descuidar em nenhum aspecto. Precisamos manter a vigilância e cuidados que aprendemos neste período”, finalizou.

Autor: Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here