No dia 8 de dezembro o Reino Unido se tornou o primeiro país do Ocidente a vacinar a população contra o novo coronavírus. O imunizante aprovado para o uso emergencial foi o desenvolvido pela parceria entre a farmacêutica americana Pfizer e a empresa de biotecnologia alemã BioNTech. Pouco tempo depois, a aprovação também ocorreu nos Estados Unidos, União Europeia e assim em diante. 

No Brasil, não há previsão para início da vacinação.

Confira o progresso da vacinação contra a Covid-19 no mundo e quais os países que já estão vacinando contra a doença:

  • Reino Unido

O Reino Unido iniciou a vacinação no dia 8 de dezembro. O plano de imunização publicado pelo governo britânico prioriza trabalhadores da saúde, idosos com mais de 80 anos e trabalhadores de casas de repouso. Posteriormente, a divisão foi estabelecida principalmente por categorias de idade, sendo os mais jovens os últimos a receberem a imunização.

Até o momento, o país está utilizando somente a vacina Pfizer/BioNTech.

A primeira pessoa a ser vacinada foi uma idosa de 90 anos, Margaret Keenan, em um hospital em Coventry, região central da Inglaterra.

Margaret Keenan, primeira pessoa no mundo a receber a vacina da Pfizer
Margaret Keenan, primeira pessoa no mundo a receber a vacina da Pfizer contra a Covid-19 fora dos testes clínicos
  • Estados Unidos

Pouco mais de uma semana após o início das imunizações em terras britânicas, o mesmo aconteceu nos Estados Unidos. A aprovação emergencial no país era muito aguardada, pois o Food And Drug Administration (FDA), órgão regulador semelhante à Anvisa no país, é muito respeitado mundo afora. 

A vacinação começou com o imunizante Pfizer/BioNTech no dia 14 de dezembro, mas a partir do dia 21, a vacina da empresa de biotecnologia Moderna também foi somada à distribuição.

A primeira pessoa a receber a vacina no país foi uma enfermeira, a novaiorquina Sandra Lindsay, que trabalha na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) de um hospital em Long Island.

Figuras públicas importantes já receberam o imunizante no país, incluindo o atual vice-presidente Mike Pence, e o presidente-eleito – que deve assumir o cargo em 20 de janeiro de 2021 – Joe Biden.

Joe Biden toma vacina contra a Covid-19 (21.dez.2020)
Joe Biden toma vacina contra a Covid-19 (21.dez.2020)
  • Canadá

O Canadá aprovou o uso emergencial da vacina Pfizer/BioNTech pouco tempo depois dos Estados Unidos e iniciou a vacinação no mesmo dia que o país vizinho, em 14 de dezembro. Anita Quidangen, uma assistente em uma casa de repouso, foi a primeira pessoa a ser vacinada no país.

  • Suíça

A Suíça foi o primeiro país no mundo a aprovar o uso da vacina Pfizer/BioNTech sem a cláusula de uso emergencial, ou seja, o imunizante recebeu a aprovação plena. A primeira pessoa a ser vacinada no país foi uma idosa de 90 anos que vive em uma casa de repouso, no dia 23 de dezembro.

  • Israel

Em Israel, a vacina Pfizer/BioNTech recebeu a aprovação para uso emergencial. Diferentemente de outros países, a primeira pessoa a ser vacinada no país foi o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, no dia 19 de dezembro. A vacinação da população deve começar apenas no dia 27 de dezembro.

Benjamin Netanyahu vacinado
Benjamin Netanyahu foi a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 em Israel
  • Arábia Saudita

Na Arábia Saudita, a imunização começou no dia 17 de dezembro, e assim como em Israel, o primeiro vacinado foi um líder político, o ministro da saúde Tawfiq Al Rabiah. Os grupos de risco serão os primeiros na fila para a vacina Pfizer/BioNTech, incluindo trabalhadores da linha de frente, aqueles com mais de 65 anos e pessoas com doenças crônicas pré-existentes.

  • China

A China, país primeiro atingido pela pandemia da Covid-19, já está imunizando a população com dois imunizantes diferentes: aqueles produzidos pela Sinovac e pela Sinopharm. No dia 19 de dezembro, um oficial da Comissão Nacional de Saúde da China (NHC) disse que mais de 1 milhão de pessoas já haviam sido vacinadas dentro da cláusula de uso emergencial.

  • Sérvia

A primeira-ministra Ana Brnabic recebeu a primeira dose da vacina da Covid-19 na Sérvia na véspera de Natal, em 24 de dezembro, dando início a uma campanha de inoculação em massa com doses desenvolvidas pela Pfizer e BioNTech. Cerca de 4.875 doses foram transportadas para o país, tornando-se o primeiro país dos Bálcãs a adquirir imunizantes contra a Covid-19.

  • Rússia

A população russa já está sendo vacinada com o imunizante Sputnik V, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya e aprovada em agosto. A vacina ainda não conclui a terceira fase dos testes, que estão sendo realizados simultaneamente à imunização. As vacinas começaram a ser distribuídas entre profissionais da saúde no dia 5 de dezembro.

Doses da Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19
Doses da Sputnik V, vacina russa contra a Covid-19; Bahia assinou acordo para distribuir até 50 milhões de doses
  • México

O país começou a vacinar sua população contra o novo coronavírus no dia 24 de dezembro, tornando-se o primeiro país da América Latina a vacinar a população, utilizando a vacina da Pfizer. 

A enfermeira María Irene Ramírez, chefe da unidade intensiva do Hospital Geral do México, foi a primeira a receber a imunização no país.

vacinação do México
  • Chile

A imunização no país começou também em 24 de dezembro, e tornou o Chile o primeiro país da América do Sul a vacinar a população. As doses da vacina Pfizer/BioNTech chegaram no mesmo dia e foram recebidas pelo presidente Sebastián Piñera. A primeira pessoa a ser imunizada foi Zulema Riquelme, uma técnica em enfermagem, sinalizando a intenção do governo em imunizar primeiramente os profissionais da saúde.

Técnica em enfermagem sendo vacinada no Chile
Zulema Riquelme, técnica em enfermagem de 46 anos, é a primeira pessoa a ser vacinada contra a Covid-19 no Chile
  • Costa Rica

No terceiro país latino a iniciar a vacinação popular, o alvo são os mais idosos, principalmente aqueles que vivem em casas de repouso. A vacinação no país caribenho começou no dia 24 de dezembro e a primeira pessoa a ser vacinada foi uma moradora de um lar para idosos, de 91 anos. As doses usadas até o momento são da Pfizer e da BioNTech.

  • Hungria

O país começou a vacinação contra o novo coronavírus em profissionais da saúde em 26 de dezembro, disse um porta-voz do governo à Reuters. Segundo a agência de notícias estatal MTI, a remessa de vacinas da Pfizer-BioNTech será o suficiente para imunizar 4.875 pessoas no país.

  • Emirados Árabes Unidos

O país iniciou a vacinção contra o novo coronavírus com doses da vacina chinesa Sinopharm. Com aprovação de uso emergencial, os ministério de saúde árabe disse que a éficácia na fase de teste é de 86%. 

CatarBahrein e Kuwait são outros países que também iniciaram o processo de vacinação popular.

Painel vacina
Painel dos países que já estão vacinando a população (26 dez. 2020)

Fonte: CNN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here