Diferentes tipos de coronavírus, que causam resfriados brandos, podem ter participação na imunidade contra a Covid-19. Foto: Pixay

O Ministério da Saúde confirmou, nesta quinta-feira (30), o registro de 1.129 novas mortes e 57.837 novos casos da Covid-19 no Brasil. Com o acréscimo dos novos números, o país soma 2.610.102 casos e 91.263 vítimas fatais da doença do novo coronavírus.

O ministério estima que cerca de 70% das pessoas infectadas pela Covid-19 já tenham se recuperado, o que representa em torno de 1,82 milhão de brasileiros.

A atualização diária é feita com base nos números informados pelas secretarias estaduais de saúde em um período de 24 horas iniciado às 16h de quarta-feira (29) e não tem relação com a data em que as mortes e infecções ocorreram.

Em suas últimas apresentações de balanço semanal, o governo federal tem postulado que o Brasil chegou a um “platô”, com estabilização na média de mortes confirmadas por dia. Como observou o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros, ainda se trata, no entanto, de um patamar “extremamente alto” de registros.

Os dados do Ministério da Saúde e mostra que esta quinta-feira é a 11ª consecutiva em que o número de mortes fica acima de 1.000 confirmações. A última vez que isso não ocorreu foi no dia 14 de maio, quando foram confirmadas 844 novas mortes.

A comparação por dias da semana é importante porque há influência da rotina das secretarias de saúde na confirmação diária, que é menor aos finais de semana e registra seus picos às terças-feiras, quando há um acúmulo dos registros feitos nos dias de menor movimento.

Em relação ao número de novos casos, esta é a quinta semana consecutiva em que as confirmações de novos diagnósticos superam o patamar de 40 mil neste dia da semana, o que aconteceu em todo o mês de julho.

Em comparação com a semana imediatamente anterior, no entanto, os números desaceleraram. No dia 23 de julho, quinta da semana passada, o Brasil confirmou 59.961 casos e 1.311 mortes.

O balanço feito pelo Ministério da Saúde, com os dados consolidados até o final da última semana, colocam que a pandemia está acelerando em dois terços do país (18 das 27 unidades federativas) em relação ao número de casos e na faixa de 40% dos estados brasileiros (12 dos 27) no que diz respeito às mortes.

Estados

São Paulo é o estado com o maior número de casos e de mortes pela Covid-19. São 529.006 casos registrados e 22.710 vítimas fatais.

Na sequência, aparecem os estados do Ceará (171.468 casos e 7.661 mortes), do Rio de Janeiro (163.642 casos e 13.348 mortes), da Bahia (161.630 casos e 3.391 mortes) e do Pará (153.350 casos e 5.699 mortes).

Boletim coronaírus – 3007

Fonte: Guilherme Venaglia, da CNN, em São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here