Nesta quinta-feira (29), a Secretaria de Saúde e Saneamento dá continuidade à vacinação contra a Covid-19. Serão aplicadas 100 segundas doses em profissionais da saúde da rede particular. Além disso, 100 idosos de 62 anos, irão receber a primeira dose.

Já para amanhã (30), serão aplicadas primeiras doses em profissionais da saúde. Para isso, a equipe da Central 150 está realizando as ligações e agendando horário e local.  O secretário de Saúde e Saneamento, Luís Fábio Marchioro, detalha que todas as imunizações de hoje e amanhã serão somente por agendamento, desta forma, alerta, só deve procurar a unidade indicada quem recebeu o telefonema da Central.

O gestor esclarece que no caso dos profissionais da saúde, a imunização segue a ordem decrescente de idade, imunizando dos mais velhos para os mais novos, como foi feito no caso dos idosos.

Marchioro explica que até o momento o Município recebeu 12.332 doses de vacinas contra a Covid-19. Do total recebido, 10.620 doses já foram aplicadas, o que equivale à aplicação de 86,1% dos imunizantes recebidos. 6.916 pessoas foram imunizadas com uma dose; outros 3.704 sorrisenses já foram imunizados pela segunda vez. Os dados são de hoje e constam no Portal Localiza SUS do Ministério da Saúde.

O gestor pontua que o desejo do Município é imunizar toda a população acima de 18 anos. “Mas, infelizmente não estamos recebendo doses para isso. Já aderimos ao Consórcio de Municípios que busca a compra própria, porém, por enquanto os laboratórios estão comprometidos em entregar o imunizante ao Ministério da Saúde”, frisa. “Semanalmente temos recebido notas técnicas do MS incluindo novos grupos como prioridade, porém, não há o envio de doses para atender imediatamente todos; ao mesmo tempo, também recebemos pedidos de inclusão de novos grupos por parte dos representantes da sociedade, porém não temos doses”, lamenta.

O secretário destaca que o Município vem seguindo à risca o Plano Nacional de Imunização do MS. “Pedimos empatia à população; queremos imunizar todos. Mas nesse momento está fora do nosso alcance, por isso reforçando a necessidade da intensificação das medidas protetivas como o uso de máscara, do álcool 70º, a higienização constante das mãos e o fim das aglomerações e festas clandestinas”, declara.

“Recomendamos que quem testou positivo e está bem: por favor, fique em casa. Lembramos ainda que familiares que convivem com pessoas positivas também devem observar a quarentena para evitar que transportem o vírus para outros locais”, alerta.  “Nesse momento, um pouco de empatia pelo outro e cuidado também são medicamentos indispensáveis ao nosso dia-a-dia”, finaliza.

Da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here