Cúpula do Clima da ONU (COP 25) acontece em Madri, na Espanha — Foto: Susana Vera/Reuters

A secretária estadual de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, e o vice-governador Otaviano Pivetta e mais quatro membros do governo estão em Madri participando da Conferência de Mudanças Climáticas da Organização das Nações Unidas (ONU), a COP 25. O evento começou no sábado (7) e segue até 13 de dezembro. Ao todo, são 15 representantes do estado, incluindo dois deputados.

Inclusive, nesta segunda-feira (9), o deputado Xuxu Dalmolin, do PSC, postou uma foto no Instagram, em que aparece ao lado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e de outras pessoas, entre elas o deputado federal Neri Geller (PP).

Deputado postou foto no evento — Foto: Instagram/ Reprodução

Conforme o governo, o objetivo da delegação é divulgar os projetos internacionais relativos ao tema, que são executados em Mato Grosso, além de identificar aliados e parceiros para novas ações.

Um dos principais assuntos dos debates e foco das deliberações é a definição das regras do mercado de carbono, previsto no Acordo de Paris, aprovado em 2015 por 195 países.

O compromisso firmado pelas nações é para impedir que a temperatura média no mundo aumente mais do que 2 graus Celsius (2º C).

A nova diretriz deve substituir o Protocolo de Kyoto (Japão), assinado em 1997, cuja meta era reduzir a emissão de gases causadores do efeito estufa na atmosfera e aquecimento global (dióxido de carbono – CO2, é um deles). Os gases são consequências do modelo de produção industrial contemporânea e formas de consumo.

Além de Pivetta e a secretária, participam da COP-25 pelo governo, o secretário executivo da Sema, Alex Sandro Marega; o diretor-executivo do Instituto PCI, Fernando Sampaio; a coordenadora do Programa REM e analista de Meio Ambiente, Ligia Vendramin; e a assessora de relações internacionais, Rita Chiletto. Além de um representante da federação indígena, Crisanto Rudzö Tseremey’wá.

A COP 25 terá a presença dos principais líderes mundiais, ambientalistas e cientistas, cujo principal objetivo é mostrar as ações e iniciativas dos países e Estados subnacionais para combater o aquecimento global.

Ulysses Moraes também posto uma foto de uma reunião — Foto: Instagram/ Reprodução

No total, foram à Europa 15 pessoas de Mato Grosso na comitiva, entre eles os deputados Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes, além de representantes do Ministério Público e organizações ligadas à área ambiental.

O custo da viagem dos representantes na COP 25 será arcado pelas instituições aos quais são ligados, de apoio à conferência da ONU ou pelas próprias pessoas.

O que é a COP 25

É uma “Conferência das Partes” realizada por países signatários da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC). A convenção é um tratado internacional com objetivo de lidar com o aquecimento global, refletindo sobre o que já foi feito e o que ainda precisa ser adotado.

A conferência ocorre anualmente e, em 2019, chega à sua 25ª edição. Por isso o nome COP 25. A próxima reunião, a COP 26, será em Glasgow (Escócia), em novembro do ano que vem.

A Conferência do Clima da ONU estava marcada para acontecer em Santiago, no Chile, nas mesmas datas. Mas, devido à onda de protestos que o país atravessa, o presidente Sebastián Piñera decidiu cancelar a realização da conferência. A Espanha se ofereceu para receber o evento, em Madri.

Por G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here