Imagem de microscópico mostra o novo coronavírus, responsável pela doença chamada Covid-19 — Foto: NIAID-RML/AP

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) emitiu nesta quinta-feira (27) uma nota informando que todos os casos suspeitos de coronavírus foram verificados e que nenhum caso foi enquadrado nas definições preconizadas pelo Ministério da Saúde.

A SES orienta ainda que as pessoas não divulguem informações não oficiais, sem a checagem da veracidade dos conteúdos, porque a divulgação de notícias falsas causa pânico e atrapalha os trabalhos dos serviços de saúde.

As informações falsas começaram a circular depois que o Ministério da Saúde confirmou nessa quarta-feira (26) o primeiro caso de coronavírus no Brasil. Trata-se de um homem que mora em São Paulo, tem 61 anos, e veio da Itália.

Além dele, há outros 20 casos em investigação nos estados da Paraíba, Pernambuco, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Santa Catarina.

Conforme a secretaria, o Centro de Operações em Emergência a Saúde Pública para o COVID-19 monitora os rumores acerca de suspeitos de contaminação da doença no estado.

Dicas de Prevenção

  • Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Não compartilhar objetos de uso pessoal;
  • Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
  • Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
  • Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
  • Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.
Como é o diagnóstico de coronavírus pelo Ministério da Saúde. — Foto: Arte/G1

Por G1 MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here