Debater o conjunto dos serviços, infraestruturas e instalações operacionais de abastecimento de água potável, esgotamento sanitário, manejo de águas pluviais, limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos. Foi com esse objetivo que o Comitê Executivo do Plano Municipal de Saneamento Básico realizou uma capacitação com a participação de 100 agentes comunitárias de saúde (ACS) e 40 agentes de combate à endemias (ACE), nesta semana.

Conforme o presidente do Comitê, Diogo Martins, a capacitação foi justamente para discutir a importância da implantação do saneamento básico. “Todos os meses nossa equipe de ACS e Ace irão realizar atividades nas salas de espera dos PSFs para ressalta à população a importância da participação de todos nas audiências públicas, pois estas visam a construção de políticas públicas para o saneamento básico”, explica Diogo.

As ações visam destacar que Sorriso, por meio da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), já iniciou a construção do Plano Municipal de Saneamento Básico do Município. Com o convênio, ficará a cargo da UFMT a realização do levantamento do cenário atual de Sorriso e a elaboração de um plano de saneamento básico para os próximos 20 anos, seguindo a determinação da Legislação Federal. A Universidade iniciou o estudo em fevereiro e tem dez meses para apresentar o plano pronto; isto é dezembro. Devido à isso mesmo o Comitê optou pelo trabalho direto com a população visando ampliar a participação no Plano.


Autor: Da Assessoria

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here