Sorriso continua aplicando a vacina contra a gripe para todo o público acima de seis meses. Até o momento o Município aplicou 18.296 doses do imunizante, somadas as doses aplicadas no público-alvo e também na população em geral. Do total geral foram 1.625 primeiras doses; 561 segundas doses e 16.110 doses únicas.

Conforme o gestor da pasta de Saúde e Saneamento, Sílvio Stolfo, o Município deve ter em torno de seis mil doses em estoque. “A vacina contra a gripe está à disposição em todos os 28 PSFs do Município, basta procurar as salas de vacina das 7h30 às 10h30 pela manhã e à tarde das 13h30 às 16h30”, reforça o secretário.

Sílvio pontua que a vacina deste ano já protege contra a cepa H2N3, responsável pelo surto de gripe em várias regiões brasileiras no fim de 2021/início de 2022. “Precisamos ressaltar que ela protege contra essa cepa e as passadas também”, explica.

Para o secretário, a maior preocupação é com as gestantes, crianças, e idosos que integram o público-alvo e ainda não alcançaram a cobertura vacinal prevista. “Esse é um público muito suscetível a contrair gripe e ter complicações”, alerta. “Então caso você seja familiar de alguém desse público que ainda não foi imunizado, procure uma das salas o quanto antes”, pontua.

Dados 

A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é imunizar 23.945 sorrisenses contra a gripe. Especificamente 19.615 dessas pessoas integram o público-alvo formado por crianças; gestantes, idoso, professores, puérperas e trabalhadores da saúde. Contudo, somente 13.742 pessoas do público-alvo foram imunizadas no Município.

Apenas um desses grupos alcançou e ultrapassou a meta inicial: são os professores que seguiram à risca o dever de casa e buscaram a imunização. Da meta inicial que era imunizar 1.205 profes, o Município já imunizou 1.402 educadores.

Já nos demais grupos, os números estão bem abaixo da média. No relatório desta segunda 4.739 crianças foram imunizadas; desse total 1.620 receberam a primeira dose, 561 retornaram para a segunda dose e a meta é imunizar 7.666 crianças. Os números estão baixos também quando trata-se de gestantes: a meta é imunizar 1.470 e até o momento apenas 1.088 procuraram atendimento. Em relação aos idosos, 4.621 foram imunizados quando a meta estabelecida era de 7.178. Já entre as puérperas – mulheres até 45 dias após o parto; os números são ainda mais baixos: apenas 161 mulheres do total estabelecido em 242 pacientes foi imunizado. E do total de 1.854 trabalhadores da saúde, 1.731 foram imunizados.

Sarampo

Vale lembrar também que a vacina contra o sarampo está disponível tanto para os trabalhadores da saúde quanto para crianças de seis meses a menores de cinco anos (4 anos 11 meses e 29 dias). A expectativa é imunizar 7.666 crianças contra o sarampo; o mesmo número geral de pequeninos que deve ser imunizado contra a gripe e os 1.854 trabalhadores da saúde.


Autor: Assessoria de Imprensa

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here