A necessidade de acompanhamento especializado para a filha de um ano e cinco meses foi o que levou a mamãe Jéssica de Oliveira a procurar o apoio do Município de Sorriso. Apressada, a pequena Antonella nasceu prematura, de 32 semanas de gestação. Passado o susto inicial, está tudo bem com a princesa da Jéssica, mas ela precisa de acompanhamento justamente devido à prematuridade.

“A Antonella usa aparelho auditivo e ainda não aprendeu a caminhar”, conta a mamãe. Preocupada, Jéssica levou a bebê para atendimento no PSF onde o médico solicitou o acompanhamento com neuropediatra; a profissional visitada nessa semana pela dupla no Município vizinho, em Lucas do Rio Verde. A consulta foi realizada pela especialista em neurologia pediátrica, Ariane Meneguzzo Tolari e foi custeada pela Prefeitura de Sorriso.

Já em Sorriso, com os pedidos de exames em mãos e com data de retorno já agendada, Jéssica se sente mais aliviada na busca por saber se sua pequena tem alguma patologia que possa ter ocasionado a perda auditiva. Enquanto isso, Antonella segue alheia à preocupação da mãe, brincando e esbanjando sorrisos em casa.

Os poucos mais de 50 quilômetros que separam as duas cidades também foram percorridos ontem (28) pela mamãe Leomaria Rodrigues com sua Lohrayne de 7 anos. Também foi a primeira vez da “Loh” em uma neuropediatra. E as duas gostaram da consulta.

“Eu tinha indicações da professora e também da equipe do CRAS de que a minha filha é muito inquieta. Ela não para de jeito nenhum. Mas também tinha medo de ir para uma consulta e alguém já encher ela de remédios”, relara Leomaria. Mas isso não aconteceu. “A doutora fez vários testes, pediu uma tomo do crânio e acompanhamento psicológico, além de exames de sangue e foi bem clara: nada de medicação até a gente descobrir o motivo da agitação”, conta, bem mais aliviada com o cuidado com a filha foi tratada.

E só quem é mãe, pai e já procurou por serviços de neuropediatra sabe o quanto é difícil encontrar horários ou o profissional na região em que residem. “Foi pensando nessa questão que ampliamos o atendimento profissional na área”, explica o secretário de Saúde, Luís Fábio Marchioro. Ele ressalta que agora, além da doutora Alzira Nobuko Nishiyama, que atendeu 60 pacientes em agosto, a doutora Ariane também atenderá a demanda de Sorriso.  

Desde 2018 o serviço de consultas com neuropediatra vem sendo ofertado pelo Município em uma busca de trazer para mais perto o profissional, evitando deslocamentos das famílias até para fora do Estado.

Marchioro ressalta que o atendimento neuropediátrico é um serviço de alta complexidade, não sendo responsabilidade do Município. Porém, as consultas estão sendo adquiridas com recursos próprios, através do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, e fazem parte do Programa Mais Saúde. “Pelo Consórcio, hoje adquirimos cada consulta por R$ 240,00; as tomografias custam R$ 235,00 e as ressonâncias magnéticas R$ 410,00 cada uma. Todos os exames solicitados pelas profissionais e medicamentos receitados são custeados pelo Município. O transporte para pacientes e acompanhantes também é ofertado pelo Município.

“Além dos serviços permanentes do Renascer em atuam três fonoaudiólogos e 18 fisioterapeutas com atendimentos voltados para pacientes neurológicos, inclusive com atendimento à domicílio, em casos de pacientes acamados ou em situação de extrema dificuldade de locomoção”, destaca o secretário.

“Mesmo durante o período de pandemia buscamos manter todos os demais serviços. Buscamos manter o atendimento normalizado para nossos pequenos sorrisenses que, além da pandemia enfrentam outras situações de enfermidade”, explica Marchioro.

Marchioro lembra que todas as consultas integram a demanda já cadastrada no Sistema de Regulação. Caso haja necessidade de atendimento, a família deve procurar o Programa de Saúde da Família mais próximo de sua residência para consulta e encaminhamento correto. “A porta de entrada para qualquer atendimento da rede pública de saúde é sempre o PSF”, finaliza.

Da Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here