Marlon Brendo Coelho Couto Silva, 20 anos, conhecido como Mc Poze de Rodo, preso no último sábado (28) em uma festa acusado de apologia ao crime e corrupção de menores em Sorriso, foi transferido para Cuiabá. Ele teve sua prisão em flagrante convertida em preventiva pela Justiça.

O funkeiro estava no Centro de Ressocialização de Sorriso (CRS) e foi transferido para a Penitenciária Central do Estado (PCE) nesta semana. A Justiça havia convertido a sua prisão em flagrante em preventiva, durante audiência de custódia na segunda-feira (30).

O advogado José Estevam Macedo Lima, que representa o MC, aponta a prisão de seu cliente como inadmissível e que ele veio ao estado exclusivamente para a festa atribuída pela Polícia Militar ao Comando Vermelho, não tendo qualquer relação com a organização.

Além de negar relação do cantor, o advogado também contou que há provas favoráveis ao MC.

A festa atribuída ao Comando Vermelho foi fechada pela Polícia Militar de Sorriso no sábado. Na ocasião, 42 adolescente, entre 12 a 15 anos, em sua maioria meninas, forem entregues ao Conselho Tutelar local. Na abordagem, além do MC, outros três suspeitos, identificados como F.F.F., J.M.A.L e J.R.C.S.

Foram apreendidos, 39 papelotes de substância análoga à cocaína, 16 papelotes de maconha, seis frascos de spray anti-respingos de solda, duas porções pequenas de pedras aparentando ser de pasta base de cocaína e um frasco de substância aparentando ser lança perfume.

A festa acontecia na boate Lord, onde, segundo os policiais, era do Comando Vermelho. O quarteto foi preso por ser responsável pela festa. A prisão foi realizada devido a uma operação em conjunto com a Polícia Judiciária Civil e o Conselho Tutelar.

Por Olhar Direto

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here