A vereadora Jane Delalibera (PL) apresentou a Indicação 497/22 que pede ao Poder Executivo a distribuição de absorventes higiênicos às mulheres e adolescentes em situação de vulnerabilidade econômica e social, em Sorriso.

Conforme a parlamentar, essa é uma questão social, de saúde e, sobretudo, de dignidade para as mulheres atendidas. “Infelizmente, existe também a pobreza menstrual. Adolescentes e mulheres que, pela falta de condições financeiras de adquirir estes absorventes, usam materiais totalmente inadequados para conter o sangramento, como papelão e sacolinhas plásticas, o que traz consequências à saúde, como infecções”, frisa.

Dados – Segundo levantamento feito pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), de 2013 a 2018, mais de 4 milhões de meninas, entre 10 e 19 anos, não tinham acesso a itens mínimos de cuidados menstruais nas escolas do Brasil. A população brasileira nesta faixa etária é de 15,5 milhões de adolescentes, de acordo com a pesquisa.

A propositura, que recebeu assinatura dos demais vereadores, será encaminhada às secretarias municipais de Administração e de Assistência Social.

Autor: Da Redação com Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here