Vinte pessoas, de idades entre 37 e 88 anos, morreram vítimas do novo coronavírus em Mato Grosso nas últimas 24 horas. Houve, ainda, 1.875 confirmações de novos casos da doença. Dados são da Secretaria de Estado de Saúde. Apesar da expectativa da vacina, proliferação do novo coronavírus segue em ritmo acelerado.

Conforme boletim epidemiológico, várias Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no interior já estão superlotadas. Como é o caso do Hospital Universitário Júlio Müller, na Capital. Dos 8 leitos disponíveis, 9 estão ocupados. Isso corresponde a 112,50% de taxa de ocupação

Situação não é diferente no Hospital Regional de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá), que tem 110% dos leitos ocupados por pacientes infectados pela doença. Outros quatro hospitais já têm todas as UTIs ocupadas e crescimento é constante, conforme análise diária.

Ao todo, são 964 internações no Estado, sendo 535 casos em enfermarias e 429 em UTIs. Desde o primeiro caso da doença, em março de 2020, Mato Grosso já registrou 195.988 registros da doença. Dessas, 182.330 pessoas se recuperaram. No entanto, 4.747 vidas foram perdidas em decorrência do novo coronavírus.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (43.685), Várzea Grande (13.384), Rondonópolis (13.073), Sinop (10.493), Tangará da Serra (8.712), Sorriso (8.607), Lucas do Rio Verde (8.095), Primavera do Leste (6.066), Cáceres (4.562) e Nova Mutum (4.107).

Autor: RD News com Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here