No mês em que completa 34 anos, Sorriso ganha mais uma estrutura física que beneficiará os pequenos produtores do município. Foi entregue nesta manhã (20) o Abatedouro Municipal de Aves que conta com uma estrutura para abater de 300 a 400 frangos por dia. O abatedouro integra o Programa de Incentivo à Avicultura, desenvolvido pela Prefeitura de Sorriso e já conta com 40 produtores ligados a esta cadeia.

De acordo com o prefeito Ari Lafin, agora a população terá acesso a um produto certificado, com selo de qualidade e criado dentro do nosso município. “Acreditamos este abatedouro trará um resultado importante na vida dos agricultores familiares, pois vamos abastecer o mercado interno com uma carne nutritiva e um frango caipira criado de forma saudável que será levado para as feiras e gondolas dos nossos supermercados”.

Lafin ainda ressalta que os planos da Administração Municipal para a agricultura familiar vão além das fronteiras do município. “Queremos que este projeto cresça para abastecer todo o nosso Estado. Para isso, corremos atrás e fomos foi o primeiro município de Mato Grosso a aderir ao programa ao Sistema Unificado Estadual de Sanidade Agroindustrial Familiar e de Pequeno Porte (Susaf), que nos permite vender os produtos de Sorriso para outras cidades do Estado”.

Presente na entrega do abatedouro, o secretário de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Silvano Amaral, parabenizou a Prefeitura de Sorriso por incentivar projetos que beneficiem os pequenos produtores. “Aqui vejo projetos que fazem com que o agricultor consiga ganhar dinheiro e tenha viabilidade econômica para continuar na terra gerando emprego e impostos. Sem o apoio da Prefeitura, eles não teriam condições de dar uma vida melhor para sua família. Esse abatedouro, assim como o Frutifica, o Vitamel, e outros projetos desenvolvidos pela Administração Municipal fazem com que os pequenos produtores tenham base e apoio técnico para crescer”, ressalta Silvano Amaral.

O Abatedouro Municipal de Aves está localizado às margens do BR-163, no local que abrigava a antiga farinheira e que foi reformado e ampliado. As obras tiveram início em outubro de 2019, com um investimento de R$ 250 mil em recursos do próprio Município para parte estrutural e R$ 102 mil para a aquisição dos equipamentos necessários para o abate de animais.  Além de proporcionar um local adequado para o abate, a Prefeitura também fornece assistência técnica aos avicultores da agricultura familiar do município.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here