A eleição municipal de 2020 já está registrada na história de Sorriso, com um verdadeiro massacre nas urnas. Isso porque o atual prefeito Ari Lafin (PSDB) obteve 73% dos votos válidos, e emplacou mais de 20 mil votos de diferença sobre o seu opositor, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC).

As urnas revelaram que 30.179 eleitores reelegeram o gestor contra 10.524 do adversário. Júnior Pé no Chão (PC do B) obteve apenas 291 votos.

Não bastasse a quantidade de votos, Ari e seu vice, Professor Gerson (MDB), conseguiram a maior bancada da história na Câmara Municipal, onde 10 vereadores eleitos são de partidos aliados e apenas o atual vereador, Maurício Gomes (PSB) conseguiu sucesso na chapa adversária.

Confira a lista dos eleitos:

  • Leandro Damiani (PSDB) com 3.340 votos
  • Iago Mella (Podemos) com 2.107 votos
  • Diogo Kriguer (PSDB) com 1.734 votos
  • Acácio Ambrosini (Patriotas) com 1.497 votos
  • Maurício Gomes (PSB) com 1.090 votos
  • Celso Kozak (PSDB) com 943 votos
  • Wanderley Paulo (PP) com 903 votos
  • Marlon Zanela (MDB) com 802 votos
  • Jane Delalibera (PL) com 770 votos
  • Zé da Pantanal (MDB) com 754 votos
  • Rodrigo Machado (PSDB) com 594 votos

Autor: Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here