O prefeito Ari Lafin e o vice-prefeito Gerson Bicego, acompanhados do secretário de Saúde e Saneamento Luis Fábio Marchioro, visitaram hoje(06) pela manhã a obra, que está na fase final, do Hospital de Campanha. A estrutura emergencial será para atendimento exclusivo de casos suspeitos de Coronavírus (Covid19), e esta sendo montado na nova sede do antigo Posto Central e oferecerá 15 leitos.

“Nós precisamos estar preparados, mesmo torcendo para não precisarmos usar, mas como lidamos com vidas não podemos esperar pra ver. Esse hospital temporário será referência no atendimento a pacientes com suspeita de Coronavírus até passarmos por essa fase difícil, juntos vamos vencer precisamos seguir as orientações e proteger nossa família desse inimigo invisível”, pontuou o prefeito Ari Lafin.

Além do hospital, também faz parte da composição, um tanque de oxigênio com capacidade de 35 mil litros, para fornecer ar comprimido (Ar Medicinal) para Ambulatório Multiprofissional Especializado (AME), UPA e PSF- Central.

A estimativa é que até abertura os investimentos ultrapassam os R$500 mil reais, outros R$200 mil, deverão ser investidos para manter a composição mínima de profissionais para o funcionamento. O funcionamento está previsto para próxima semana.

“É hora de termos cautela, mantermos o isolamento social e proteger nossa família, pois é só uma fase ruim, mas vamos passar, com fé em Deus”, ressaltou Lafin.

Em Sorriso, é feito diariamente um boletim informando o número de casos suspeitos da doença. Até o momento não há nenhum caso confirmado, 10 casos já foram descartados, dois casos são suspeitos e aguardam resultado do exame. Além do boletim, é feito uma transmissão ao vivo pela rede social da prefeitura, fornecendo informações bem como reforçadando as orientações a população. Também foi criada uma central para tirar duvidas da população através do número 150, as ligações são gratuitas. Todos os equipamentos de EPI estão sendo fornecidos para os profissionais de saúde a fim de prevenir a contaminação do profissional de saúde.  

Fonte: Assessoria – Adriano Carneiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here