Tratamento de varizes com espuma

Você sabe o que é Escleroterapia com Espuma? A técnica é oferecida pela Prefeitura de Sorriso desde 2017.

Segundo o Secretário de Saúde da cidade, Luis Fábio Marchioro, a demanda sempre existiu. “Como não é um procedimento de responsabilidade do município, os pacientes precisavam aguardar na fila de espera do governo do estado”, ressaltou ele e completou: “Hoje a Secretaria consegue contratar profissional da cidade para realizar essa cirurgia na população”.

Conforme apurou PainelMT, até hoje foram 178 procedimentos, desse número 87 de Agosto de 2018 e até o final de 2019 e 91 somente no primeiro semestre de 2020. “Nos anos anteriores a esse não eram feitas tantas cirurgias, mas a partir do momento que a prefeitura abriu para os mutirões, nós conseguimos agilizar a fila de uma demanda que cresce a cada dia”. Destacou Aline Maia, Agente Administrativo da Secretaria de Saúde de Sorriso.

Os que precisam ser atendidos pela saúde pública de Sorriso, passam primeiro por uma avaliação com a Dra. Ana Carla Felício que é a Cirurgiã Vascular contratada para atender em Sorriso e a pessoa for diagnosticada com a doença venosa, ela irá indicar qual o melhor tratamento para seu caso.

Quanto a idade dos pacientes é bem variável e ainda são as mulheres que mais procuram esse tipo de cirurgia, como é o caso da Adriana Rossoni, de 48 anos, o problema de varizes aumentou com a gravidez e ela que passa a maior parte do tempo em pé, sofria ainda mais. “Eu tinha umas varizes muito feias nas pernas, eu sofria muito com dor, porque eu faço bolo e então, ficava muitas horas em pé e quando estava para menstruar, eu ficava com as veias muito saltadas nas pernas e aquilo queimava o dia inteiro a ponto de não conseguir colocar o pé no chão. Aí eu fui no postinho e pedi um encaminhamento para a cirurgia com a médica vascular. O médico do posto me encaminhou para fazer a cirurgia e não demorou muito para me chamarem. Fiz os exames e depois de estar com eles nas mãos, marcaram a minha cirurgia com espuma. Foi uma beleza, eu só comprei a meia e já sai do consultório andando, porque recebi só a picadinha da agulha para aplicar a espuma e acabou aquele tormento. Hoje não tenho mais dores nas minhas pernas. Estou muito bem e nem marca ficou. o procedimento também não deixou maracas nas minhas pernas, porque eu tinha varizes grossas e esverdeadas nas duas pernas. Além da dor que eu sentia, também não conseguia usar nenhuma bermuda. Hoje estou muito melhor e feliz, sem dor e com as pernas bonitas de novo”, frisou ela.

Para a cirurgiã vascular Dra. Ana Carla Felício, há a possibilidade de tratar desde alterações de caráter estético, como vasinhos, microvarizes até safena, ou varizes mais grossas. Ela disse ainda que existe uma preferência em tratar com espuma os casos mais avançados, nos quais os pacientes apresentam úlcera, dermatite ocre ou outras alterações na pele. “Cuidar da saúde das pernas nunca foi vaidade. É algo sério e que precisa de atenção e cuidados em cada fase da vida! E o mais importante: seja acompanhada sempre por um Angiologista ou Cirurgião Vascular! São os únicos médicos habilitados para o tratamento de varizes e vasinhos. Nos casos mais estéticos, a técnica pode ser indicada, porém não é a escolha em nossa clínica, devido a um risco maior de manchas e a existência de técnicas mais eficazes para varizes”. acrescentou ela.

Da Redação – Elisa Galvan

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here