Visando ajustar a agenda e a realização dos procedimentos por meio do Programa MT Mais Cirurgia os secretários municipais de saúde se reuniram com a direção de dois hospitais particulares que estão credenciadora e realizam as cirurgias. 

A reunião aconteceu na última 4ª quarta-feira (06), na sede do Consórcio de Saúde Teles Pires. 

Conduzida pela Secretaria Executiva do Consórcio, o resultado deverá agilizar e otimizar os procedimentos “precisamos do apoio dos municípios para que os pacientes agendados para cirurgias não faltem, pois os profissionais ficam aguardando e isso se torna um custo para o hospital quando os pacientes não comparecem”, declarou o diretor do hospital Hilda Strenger Ribeiro, Dr. Wesley Carlos, de Nova Mutum. 

Outro hospital que participou foi o São Lucas, de Lucas do Rio Verde, cuja solicitação de alguns secretários foi a possibilidade da abertura de mais vagas pra as cirurgias. “Hoje os municípios estão com recurso financeiro em conta e precisamos ajustar o fluxo para acelerar a realização das cirurgias”, disse Solimara Ligia Moura, Secretária Executiva do Consórcio. 

Na reunião também foi tratado sobre a inclusão de novos prestadores, como hospitais de Sorriso e Sinop, por exemplo, que está paralisado por motivos legais e burocráticos. 

O Programa MT Mais Cirurgias foi lançado pelo governo do estado de Mato Grosso, em junho de 2021, e prevê o repasse de recursos financeiros para que os municípios realizem cirurgias eletivas que estão na fila de espera. 

Os municípios que compõem o Consórcio Teles Pires foram os primeiros a aderir ao programa e realizar os procedimentos. 

Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here