Depois de 10 anos do sumiço da menina Sara Vitória Fogaça Paim, parece que o caso terá um desfecho.

A Polícia Judiciária Civil de Sorriso desvendou o “Caso Sara” que estava desaparecida desde 1º de junho de 2010 (na época a menina tinha cinco anos de idade).

O delegado da Polícia Civil da cidade, André Ribeiro concedeu entrevista coletiva sobre o caso. Trata-se de estupro seguido de homicídio. Um homem foi preso e confessou o crime. Ele disse que trabalhava em uma construção e ofereceu carona para a menina em uma bicicleta e a levou para a construção onde trabalhava e a estuprou e depois a matou asfixiada e a enterrou em um terreno próximo a construção. Após o crime o homem fugiu para o Estado de Mato Grosso do Sul e retornou para Sorriso há pouco tempo. O homem que há época tinha 48 anos, disse estar arrependido e que a confissão do crime tirou um peso de suas costas. O homem vai responder pelos crimes de estupro de vulnerável, homicídio qualificado por asfixia e ocultação de cadáver.

Relembre o caso:

A menina Sara Vitória Fogaça Paim desapareceu nas proximidades do Estádio Municipal Egídio Preima, no município de Sorriso. À época a polícia realizou várias buscas, até mesmo escavações dentro do estádio mas nada foi encontrado. De acordo com a mãe dela, Eva Fogaça, a menina estava brincando na rua nas proximidades da residência, na Perimetral Sudoeste, no bairro Jardim Primavera, quando desapareceu.

Houve uma notícia de que ela teria sido vista foi dentro do estádio, brincando com outras crianças. A Perícia Técnica chegou a analisar manchas de sangue nas paredes de um barraco existente dentro do estádio, mas não foi confirmado se tratar de sangue da menina.

O delegado da Polícia Civil que conduziu o caso à época dos fatos, Bráulio Junqueira, durante as investigações chegou a interrogar algumas pessoas que já tiveram algum tipo de acusação de crimes sexuais no município se poderiam estar envolvidas. No entanto, não houve fatos que ligassem tais pessoas ao sumiço de Sara.

O caso mobilizou a sociedade sorrisense e surgiram diversas hipóteses, até mesmo se a garota havia sido levada do município em um carro preto.

A Polícia Civil de Sorriso vai fazer buscas para tentar localizar o corpo da menina.

R9

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here