Acácio Ambrosini retorna ao legislativo

O prefeito de Sorriso, Ari Lafin (PSDB), está promovendo alterações em seu secretariado neste mês de março de 2020, motivado pelo calendário de desincompatibilização, obrigatório para quem deseja concorrer a cargos eletivos nas eleições de outubro deste ano. 

Uma das mudanças já é de conhecimento da sociedade, que é o retorno de Marlon Zanella (PMDB) para a Câmara Municipal, e o ingresso do radialista Antônio Mazzei, o Toninho, para a vaga que será deixada.

Uma das peças principais da gestão também anunciou seu retorno ao parlamento sorrisense. Trata-se de Acácio Ambrosini (PSC), vereador mais votado na eleição de 2016, empatado com Fábio Gavasso (PSB) em número de votos.

O vereador assumiu a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos no ano de 2018 e tem recebido o reconhecimento da gestão e da comunidade pela dedicação e ritmo empregado na pasta, que é uma das mais “complicadas” da prefeitura, pois dá suporte a todas as outras e tem ligação direta com a população nos serviços que presta no dia-a-dia, como recolhimento de lixo, limpeza das ruas e avenidas, conserto de ruas, iluminação pública, entre outros.

Em sua rede social Acácio já publicou o retorno à câmara, porém, na prática, está cumprindo “os trinta dias” derradeiros de seu cargo e isso tem tirado o sono do prefeito Ari e sua equipe para encontrarem alguém com perfil para administrar a secretaria nas vésperas de um pleito eleitoral, sem poder contar com período de adaptação e experiência. “Precisa ser alguém que consiga dar seguimento ao trabalho de maneira quase que imediata”, definiu um dos assessores de Lafin.

Indagado nesta terça-feira (03), se já teria alguém em vista, o prefeito foi categórico em afirmar que ainda não chegou a o consenso sobre um nome.

Por outro lado, apesar de se afastar do cargo, o vereador disse que ainda não definiu se disputará as eleições deste ano. “Estou saindo, na verdade, por que meus negócios, minha vida pessoal requer minha presença neste momento. Política vamos analisar lá na frente”, disse ele à amigos e colegas.

Com o retorno do titular do cargo, o suplente Nereu Bresolin (DEM), líder do prefeito na Câmara, deixa a cadeira de parlamentar.

Fonte: Da Redação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here