O Brasil ultrapassou, neste sábado (10/10), a marca de 150 mil mortos por covid-19, setes meses depois de confirmar o primeiro caso da doença causada pelo novo coronavírus e dois meses após registrar 100 mil óbitos pela pandemia.

Os dados são do consórcio de veículos de comunicação que faz um balanço diário a partir de informações colhidas pelas secretárias de saúde estaduais. Na sexta-feira, esse relatório apontou um total de 149.692. A marca de 150 mil vítimas foi ultrapassada após atualizações de dados em 10 estados: Bahia, Ceará, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Roraima, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins.

De acordo com o consórcio, a pandemia tirou a vida de 150.023 brasileiros. Já o total de pessoas infectadas é de 5.073.483. Como os dados de outras 17 secretarias ainda não aparecem no balanço, o número deve subir até o fim do dia.

Vacina

Na última quinta-feira (8/10), o Ministério da Saúde anunciou que o país deverá contar com 140 milhões de doses da vacina contra o coronavírus até o primeiro semestre do ano que vem. No dia seguinte, a pasta afirmou que não é necessário vacinar toda a população brasileira para conter a covid-19.

Os dados de toda a América Latina e Caribe também apresentaram um novo marco neste sábado. Segundo contagem feita pela agência de notícias France Presse, a região mais afetada no mundo pela pandemia alcançou 10 milhões de casos de coronavírus.

Autor: Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here