Escola Estadual 13 de Maio, de Sorriso

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) prorrogou para até o dia 16 de outubro, próxima sexta-feira, a pesquisa com os pais de alunos da rede estadual para saber a opinião deles sobre o retorno das aulas presenciais. A prorrogação tem o objetivo de oportunizar a participação de todos os pais nesse processo de volta às aulas. A pesquisa é realizada on-line e o link está disponível no site da Seduc.

Os pais que não têm acesso à internet, podem procurar a unidade escolar onde o filho está matriculado e solicitar um espaço com computador que esteja disponível para acessar a página da pesquisa. O pai pode ainda solicitar o formulário impresso da pesquisa para preenche-lo e, após, devolver à escola. Um técnico da unidade, que assinará um termo de sigilo e confidencialidade, fará a inserção desses dados na página da pesquisa.

O questionário contém cinco perguntas, como a etapa de ensino do filho, se concordam com a retomada das aulas presenciais, se o filho tem algum tipo de comorbidade e se convive com alguém que tenha.

Os dados da pesquisa vão orientar a Seduc na tomada de decisão quanto ao eventual retorno das aulas presenciais. Porém, conforme o Plano Pedagógico Estratégico, formulado pela Seduc, as aulas presenciais na rede estadual somente retornarão a partir do momento em que as autoridades estaduais de saúde declararem existir condições sanitárias para tal.

A Seduc emitiu, em conjunto com a Secretaria de Estado de Saúde, uma nota técnica com os protocolos de segurança com todas as etapas do retorno presencial, como, por exemplo, como será o recebimento do estudante na escola, como será o fluxo dentro da escola, a necessidade do distanciamento, o uso de máscaras e demais equipamentos de proteção individual, rotinas de limpeza, entre outras ações, que são importantes para garantir a segurança dos alunos e profissionais da educação.

O documento foi encaminhado às unidades escolares, assessorias pedagógicas e Centros de Formação e Atualização dos Profissionais da Educação (Cefapros).

Autor: Folhamax

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here