Informação correta. Este tem sido o principal remédio para que se obtenham resultados positivos frente à atual situação que o mundo vive por conta da pandemia provocada pelo novo coronavírus, o Covid-19. Para trabalhar este assunto com os diretores das unidades escolares do município, foi promovida uma reunião na manhã de hoje (13), na Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec).

“Os diretores são importantes multiplicadores de informação, por isso, nos preparando, nos antecipando, sempre poderemos enfrentar melhor as situações, com calma, tranquilidade e eficiência ”, destaca a titular da Semec, Lúcia Korbes Drechsler. Para orientar os gestores escolares, a enfermeira Cátia Luciano, que é coordenadora de Planejamento e Gestão da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento (Semsas), falou sobre o processo de disseminação do vírus e, principalmente, reforçar cuidados ligados à higiene, indispensáveis para evitar qualquer tipo de doença.

A enfermeira lembrou ainda que a Semsas acompanha atentamente todas as notas técnicas que são emitidas pelo Ministério da Saúde e também pela Secretaria de Estado de Saúde, cumprindo rigorosamente todos os protocolos.  Com sintomas de um resfriado forte, com presença de febre, o Covid-19  pode ser letal em indivíduos idosos e que apresentem alguma comorbidade (doença pré-existente).  “Em um grupo de 100 contaminados, 80 apresentam sintomas mais leves, como o resfriado mesmo e outros 20 podem ter complicações, como pneumonia, por exemplo”, ilustra, detalhando que, dentro desta esfera de 20 complicações, a mortalidade chega a 10%.

Ainda segundo a enfermeira, pelo que já foi estudado sobre o vírus, uma pessoa infectada com o Covid-19 pode contaminar de 3 a 4 outras pessoas.  Em Mato Grosso, não há casos confirmados da doença, com seis casos que seguem em investigação. Os casos confirmados mais próximos ao Estado são os dois do Distrito Federal.  A enfermeira lembrou aos gestores escolares que é importante partilhar junto aos alunos as regrinhas básicas de higiene: sempre lavar bem as mãos; não compartilhar copos ou garrafinhas; proteger a boca com o cotovelo ao tossir ou espirrar; e manter ambientes arejados.

De acordo com a atual normativa da Secretaria de Estado de Saúde, não há recomendação para o fechamento de locais de grande concentração de pessoas, como escolas, cinemas, bares e restaurantes.

Vale destacar que o cenário é atualizado diariamente, com informações repassadas pelos governos Federal e Estadual.

Fonte: Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here