O prefeito Ari Lafin, recebeu ontem (23), em Cuiabá o prêmio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) na categoria “Inclusão Produtiva e Apoio ao MEI”, na X Edição Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor. O prefeito de Sorriso concorreu com mais de 100 prefeitos mato-grossenses na mesma categoria e foi o vencedor ao apresentar o projeto “Frutifica Sorriso” combinado ao trabalho desenvolvido no Centro de Atendimento ao Empreendedor (CAE).

Lafin pontua que a iniciativa conjunta das Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA) e de Desenvolvimento Econômico, oferta estrutura para que pequenos produtores rurais possam se tornar empreendedores rurais. “Além dos produtores, o CAE também auxilia microempreendedores da área urbana do município, isto é, o CAE está à disposição de qualquer cidadão que deseja se regularizar para atuar”, explica.

Ao falar do prêmio, o prefeito destaca o trabalho conjunto das duas secretarias. “O trabalho desenvolvido com a união dos dois projetos tem visão empreendedora e coletiva. Foi uma grata satisfação receber o prêmio estadual ontem e saber que esse projeto será avaliado por uma banca do Sebrae Nacional no dia 05 de junho, concorrendo com outros projetos importantes do país todo”, relata Lafin.

“Quero agradecer a todos que atuam na nossa gestão, ao vice-prefeito Gerson Bicego que luta muito pela agricultura familiar e aos vereadores por apoiar nossos projetos”, acrescenta. O prefeito pontua ainda que até o fim de maio outras iniciativas voltadas para a agricultura familiar serão entregues. Trata-se da Ceasa, a Central de Abastecimento no Setor Industrial e a despolpoadeira. Lafin pontua que a administração de ambas será realizada por uma cooperativa de pequenos produtores de frutíferas.

Já no dia 10 de maio está programado o 3º Dia de Campo do Frutifica Sorriso, com a presença confirmada do secretário de Estado de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários, Silvano Amaral. “Será uma oportunidade única para fortalecermos a cadeia produtiva e debater as inovações do setor”, finaliza Lafin.

Conheça os projetos

Frutifica Sorriso

Hoje o município conta com 95 famílias cadastradas no Frutifica, destas, 40 estão regularmente produzindo frutas em uma área de 60 hectares. São 30 mil espécimes de árvores frutíferas. Além de adquirir as mudas com valor subsidiado pela Prefeitura Municipal, os produtores cadastrados no programa também contam com assistência técnica especializada, análise de solo e patrulha mecanizada para a construção de tanques de irrigação. Somente nos últimos dois anos, foram construídos 40 tanques de irrigação.

Outra forma de ajudar os produtores, é auxiliar na comercialização dos produtos nas feiras municipais, compra direta para a merenda escolar e na incubadora de alimentos, instalada no Setor Industrial.

Segundo o responsável pela SAMA, Márcio Kuhn, o Frutifica foi planejado para ser mais uma fonte de renda para a agricultura. “Estamos trabalhando juntos para buscar alternativas de crescimento e desenvolvimento que possam fortalecer a cadeia produtiva do município. Nesse sentido, a fruticultura tem sido uma excelente opção”, pontua. 

 Atualmente, o programa presta auxílio a produtores do Assentamento Jonas Pinheiro, Projeto Casulo, Cinturão Verde e do Distrito de Boa Esperança que cultivam manga, goiaba, coco, acerola, pinha, romã, mamão, maracujá e uva, comercializados no mercado local e regional. “Mas estamos abertos para atender qualquer produtor interessado, de pequeno, médio ou grande porte. Basta só procurar a SAMA no horário das 7 horas às 13 horas”, finaliza Kuhn.

Apoio ao MEI

Em 31 de março de 2019, constavam 3.048 MEI’s ativos nos registros do CAE. De acordo com o responsável pelo setor, Leonardo Kozak, mensalmente são realizados cerca de 500 atendimentos. Entre os serviços prestados aos MEI’s estão: emissão de guias; parcelamento de dívidas; declaração de imposto de renda; aberturas/alteração e baixas; orientação e planejamento.

Quem precisa de atendimento pode procurar apoio diretamente no Centro de Evento e no Ganha Tempo. Há atendimento também no Distrito de Boa Esperança e em breve haverá atendimento no Distrito de Primavera. Para quem quiser regularizar a situação como MEI é preciso apresentar para a abertura o RG, CPF, comprovante de endereço, carnê do IPTU, contrato de locação ou escritura do imóvel.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Cláudio Drusina, a premiação do Sebrae é importantíssima. “Demonstra o quanto é importante o trabalho que estamos desenvolvendo. Estamos atendendo os microempreendedores com informações, capacitações e formações técnicas. Essa premiação mostra que estamos no caminho certo. Vamos intensificar esse trabalho”, finaliza.

Assessoria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here