Os corpos do casal foram descobertos na manhã desta quinta, em um edifício .

A Polícia Civil apura um caso de feminicidio seguido de suicídio que ocorreu entre a madrugada e a manhã desta quinta-feira (30/7), na Rua 25 Norte de Águas Claras. 

Segundo apuração, a vítima é a enfermeira Pollyana Pereira de Moura, de 35 anos. A mulher era funcionária no Ministério da Saúde, integrante de um grupo de trabalho da covid-19. O suspeito do crime é o cirurgião dentista Fabrício David Jorge, 41. 

Pollyana e Fabrício estavam se relacionando há cerca de um ano, após ambos terminarem um casamento. Na madrugada desta quinta, vizinhos do casal ouviram uma discussão. O acusado enviou uma mensagem para um amigo, afirmando que cometeria o feminicídio e, posteriormente, tiraria a própria vida.  

Os dois foram encontrados mortos no início da manhã, esfaqueados. A cena do crime passou por perícia do Instituto de Criminalistica (IC) da Polícia Civil, e a análise poderá esclarecer como o crime ocorreu.   Os corpos de Fabrício e Pollyanna foram retirados do apartamento por volta das 15h. Agentes da perícia saíram do local também sem comentar o caso.

No início da tarde, familiares e amigos compareceram à 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul) para prestar esclarecimentos sobre o relacionamento entre a enfermeira e o dentista.

Causa da briga é desconhecida 

(foto: Arquivo pessoal)

De acordo com fontes policiais, a causa do desentendimento ainda é desconhecida. Vizinhos relataram ter ouvido barulhos de itens caindo e sendo quebrados. 
Porém, segundo funcionários do prédio, que conversaram com a reportagem sob a condição de anonimato, o casal aparentava ser tranquilo. “Sempre que eu passava por eles, os dois eram educados e estavam sempre sorrindo”, disse um prestador de serviços no local.

A funcionária informou que os dois eram novos do condomínio e, por isso, não eram tão conhecidos. “Acredito que estavam aqui há menos de um ano”, afirmou. 

Correio Braziliense

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here