Três pré-candidatos a senador resolveram se unir para, ao final, lançar candidatura única na suplementar de abril.

Destes, dois concorreram nas urnas de 2018 e ficaram em terceiro e quinto lugar, respectivamente, sendo eles Carlos Fávaro (PSD) e Nilson Leitão (PSDB). Juntou-se à dupla Júlio Campos (DEM).

Esse trio começou a se articular conjuntamente desde semana passada. Em Brasília, procurou parlamentares, ministros e outras pessoas do entorno de Bolsonaro, na tentativa de convencer o presidente a não apoiar José Medeiros, ficando neutro no processo eleitoral em Mato Grosso.

Os três concluíram que será um páreo difícil e preferiram, então, partir para um acordo de modo a reforçar o palanque do nome a ser escolhido, tendo como critério resultados de pesquisas. Sabem que o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) se tornou o principal nome na corrida à cadeira da cassada Selma Arruda, assim como do federal José Medeiros (Podemos), bolsonarista convicto.

Por RD News

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here