A Petrobras reduziu o preço da gasolina 9,5% e o do diesel S10 e S500 em 6,5% nas refinarias, na maior queda do ano. A redução começa a valor a partir da sexta-feira, 13. O último reajuste havia sido no dia 19 de fevereiro, quando a empresa aumentou em 3% o preço da gasolina e o manteve o do diesel.  

A derrocada do preço do petróleo começou após a crise desencadeada por Rússia e Arábia Saudita, que levou o país do Oriente Médio a aumentar a produção e reduzir os preços praticados pela estatal Saudi Aramco após o fracasso nas negociações entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) e países aliados para uma redução coordenada da oferta da commodity. 

A iniciativa está relacionada ao impacto econômico da epidemia do coronavírus, que tem abalado os mercados ao redor do globo e levado entidades a revisarem projeções da economia global em 2020.  

Os preços válidos são a média dos praticados nas 37 refinarias da Petrobras, espalhadas pelas regiões Sudeste, Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O repasse aos distribuidores depende de diversos fatores, entre eles margens de revendedores, mistura de biocombustíveis e impostos.  

O reajuste dos preços para baixo ou para cima leva em conta a prática de preços competitivos, como preço de paridade internacional (PPI), margens para remuneração dos riscos inerentes à operação, nível de participação no mercado e mecanismos de proteção via derivativos. 

Fonte: Agência Safras

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here