O deputado estadual Max Russi (PSB) acaba de ser eleito como novo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Ele terá o ex-presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM), como primeiro-secretário.

A chapa ainda conta com Dilmar Dal Bosco (DEM), na 1ª vice-presidência; Wilson Santos (PSDB), na 2ª vice-presidência; Janaína Riva (MDB), na 2ª secretaria; Claudinei Lopes (PSL), na 3ª secretaria; e Allan Kardec (PDT), na 4ª secretaria.

Ao todo, a chapa Max-Botelho recebeu 20 votos. Houve um voto contrário, dois em branco e a ausência do deputado Valdir Barranco (PT), que está internado na UTI do Hospital Incor, com quadro grave de Covid-19. O petista, que ocupava a 2ª secretaria durante a gestão de Botelho, foi “homenageado” com o nome da chapa vitoriosa.

A nova eleição da Mesa Diretora ocorreu por determinação do ministro Alexandre Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele acatou representação da Rede Sustentabilidade, que contestou o terceiro mandato consecutivo de Eduardo Botelho como presidente do Legislativo Estadual.

Após a decisão, dada na tarde de ontem, o então presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, descartou impetrar com recurso e marcou a eleição para às 19 horas desta terça. Com isso, foram iniciadas as articulações para eleição da Nova Mesa Diretora.

Desde o início, o nome de Max surgiu como mais forte para comandar a Casa, com Botelho de 1º secretário. Restava definir apenas os demais cargos, o que foi finalizado ainda na manhã de hoje.

Autor: Folhamax

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here