Mais de 44 mil eleitores de Mato Grosso que não votaram nas últimas três eleições podem ter o título cancelado, caso não procurem a Justiça Eleitoral para justificar a ausência. O prazo para regularizar a situação se encerra no dia 6 de maio.

O órgão saliente que cada turno é considerado um pleito eleitoral.

Rondonópolis, possui o maior número de eleitores passíveis de cancelamento, de acordo com o TRE-MT. Em seguida estão os municípios de Primavera do Leste, Tangará da Serra e Cáceres.

O eleitor pode consultar a própria situação através da internet, no site do TRE.

Na internet, o interessado deverá clicar na aba “eleitor” e, em seguida, “situação eleitoral” para informar o nome completo e a data de nascimento ou o número do título eleitoral. O sistema emitirá a certidão informando a situação do eleitor.

Para regularização, o eleitor deverá apresentar documento com foto que comprove sua identidade e, se possuir, título eleitoral, comprovantes de votação e de justificativa.

O eleitor que não votou e nem justificou dentro do prazo previsto em lei, terá que pagar uma multa para cada ausência, cujo valor varia em cada município a critério do juiz eleitoral.

O eleitor que não regularizar ficará impedido de exercer diversos direitos, entre eles: votar, obter passaporte, tomar posse em cargo público, fazer ou renovar matrícula em instituições de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

G1 MT

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here