Foto: Reprodução

A Secretaria Municipal de Saúde de Sorriso reiterou as ações adotadas caso surja algum caso suspeito de coronavírus (COVID -19) no município. Uma capacitação já foi dada para os profissionais da rede de saúde a respeito do Coronavírus. A enfermeira de gestão de planejamento da Secretaria de Saúde de Sorriso, Cátia Luciano, destacou o tratamento é o mesmo independentemente de o resultado ser positivo ou negativo.

“Hoje não temos nenhuma vacina ou medicação específica que trate o vírus. Nós tratamos os sintomas, seja febre, pneumonia ou falta de ar. O resultado do exame é de extrema importância para fins epidemiológicos. O tratamento é o mesmo caso o exame seja positivo ou negativo”. 

Segundo ela, a faixa etária mais acometida por vírus de gripe são pessoas idosas com imunidade comprometida e, normalmente, a população mais jovem não sofre com o agravamento da doença. “A principal forma de prevenir etiqueta respiratória não tossir e espirrar nas mãos, alimentação saudável e ingesta de líquidos para manter a boa imunidade”. Confira mais dicas no final da matéria. 

O secretário de Saúde, Luís Fábio Marchioro, frisou que os profissionais estão preparados. “Passamos todas as orientações repassadas pelo Ministério da Saúde. No caso de Sorriso, caso haja alguma suspeita a entrada são os PSFs, UPA e se necessário o Hospital Regional”.  

Ele destaca que a dengue é ainda mais preocupante e que a população precisa estar atenda ao combate do mosquito Aedes aegypti. “População não vamos perder o foco, pois o mosquito está no nosso quintal e mata muito mais gente do que o coronavírus”. 

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

  • Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;
  • Realizar lavagem frequente das mãos, especialmente após contato direto com pessoas doentes ou com o meio ambiente;
  • Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
  • Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
  • Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
  • Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
  •  Não compartilhar objetos de uso pessoal como talheres, pratos, copos ou garrafas;
  •  Manter os ambientes bem ventilados;
  •  Evitar contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas da doença;
  • Evitar contato próximo com animais selvagens e animais doentes em fazendas ou criações.
  • Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

Texto: Redação Portal Sorriso

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here